Distúrbios do sono e os efeitos negativos para a saúde

Distúrbios do sono e os efeitos negativos para a saúde
O sono é um componente essencial da nossa vida diária. Todo organismo conhecido tem alguma forma de um “modo de sono”. De acordo com a National Sleep Foundation, um adulto humano médio precisa entre 7-9 horas de sono todas as noites. O The Centers for Disease Control and Prevention relataram que quase 70 milhões de americanos têm alguma forma de problemas de sono duradouros. Além disso, a Organização Mundial da Saúde concluiu que em 2011 os americanos perdem cerca de 63 bilhões por ano devido à falta de produtividade no trabalho devido à privação do sono.

Distúrbios do sono e perdas de sono a longo prazo podem aumentar o risco de doenças e distúrbios como doenças cardíacas, ataque cardíaco, insuficiência cardíaca, batimentos cardíacos irregulares, pressão arterial elevada ou hipertensão, acidente vascular cerebral, diabetes e doença de Alzheimer. Pesquisadores britânicos no "Whitehall II Study" investigaram os padrões de sono e a taxa de mortalidade de 10.000 funcionários públicos por mais de 20 anos. Eles descobriram que os funcionários públicos, que dormiam apenas cinco horas ou menos por noite, dobravam o risco de morte por todas as causas. O risco de morte por doenças cardiovasculares dobrou especialmente.

Estudos descobriram que outros efeitos da falta de sono podem incluir aumentos na pressão arterial de um indivíduo; até mesmo uma meia noite perdida de sono pode aumentar a pressão arterial em indivíduos com hipertensão. Além disso, o sono inadequado e curto pode levar o indivíduo a comer porções maiores de alimentos devido à alteração hormonal. Uma revisão sugeriu que seis horas de sono ou menos podem acelerar a produção do hormônio da fome “grelina” e limitar a produção de “leptina”, um hormônio envolvido no esvaziamento do estômago e criando uma sensação de saciedade. Isso faz com que os indivíduos comam mais e isso os coloca em maior risco de obesidade.

A perda de sono também tem sido associada a um aumento do risco de diabetes. A insulina é o hormônio que é responsável por promover a absorção de açúcar do sangue para os músculos e outros tecidos do corpo. Um estudo, publicado na revista Sleep, sugeriu que a perda de sono está associada com maior resistência à insulina. Outro estudo, publicado no jornal Annals of Internal Medicine, sugeriu que, mesmo com restrição calórica e a ingestão de bebidas dietéticas, a perda de sono levou à resistência à insulina no corpo. Por sua vez, a resistência à insulina pode aumentar o risco de diabetes.

A falta de sono pode levar a muitas doenças cerebrais também. Um estudo, publicado no Journal of Neuroscience, encontrou evidências de que a perda de sono pode causar danos cerebrais irreversíveis. Após apenas três dias de privação de sono, os ratos no experimento tiveram uma perda de 25% de neurônios locus ceruleus (LC), que desempenham um papel importante em manter o indivíduo alerta e acordado. Outro estudo sugere que o sono profundo é importante para a depuração de resíduos metabólicos no cérebro. A privação de sono ou falta de sono pode levar ao acúmulo de toxinas que podem causar doenças como a doença de Alzheimer.

A privação de sono não somente pode causar efeitos negativos e indesejados dentro do corpo, mas também pode causar efeitos físicos indesejáveis. Para as pessoas que se preocupam com a aparência física, a privação do sono pode envelhecer a pele mais rapidamente. Alguns efeitos físicos da privação do sono podem incluir a pele maçante, linhas finas e círculos escuros sob os olhos. Mesmo algumas noites de privação de sono podem levar a pele a ter uma aparência doentia e olhos inchados, que podem afetar a personalidade. Em suma, a perda de sono pode literalmente ser fatal.

Quem dorme pouco está em risco de morrer mais jovem do que indivíduos que dormem cerca de 7-8 horas por noite. É sempre aconselhável ficar longe ou desligar todos os dispositivos eletrônicos uma hora antes de dormir. Isso irá preparar o corpo para dormir. O uso de venda nos olhos e / ou tampões pode garantir que nenhuma luz ou ruído interrompa o sono.

Nenhum comentário:

Postar um comentário