7 surpreendentes benefícios das berinjelas para a saúde

As berinjelas, também conhecidas como brinjelas, pertencem à família de plantas de palmeiras e são usadas em diversos pratos ao redor do mundo.

Embora seja considerada um vegetal, elas são tecnicamente uma fruta, à medida que crescem a partir de uma planta florida e contêm sementes.

Existem muitas variedades que variam em tamanho e cor. E enquanto as berinjelas com uma pele púrpura profunda são mais comuns, elas podem ser vermelhas, verdes ou até mesmo pretas  (1).

Além de trazer uma textura única e um sabor suave às receitas, a berinjela traz uma série de potenciais benefícios para a saúde.

7 surpreendentes benefícios das berinjelas para a saúde
Este artigo examina profundamente 7 benefícios das berinjelas para a saúde.

1. Rica em muitos nutrientes

As berinjelas são um alimento denso em nutrientes, o que significa que elas contêm uma boa quantidade de vitaminas, minerais e fibras em poucas calorias.

Um copo (82 gramas) de berinjela crua contém os seguintes nutrientes (2):
  • Calorias: 20
  • Carboidratos: 5 gramas
  • Fibra: 3 gramas
  • Proteína: 1 grama
  • Manganês: 10% da DDR
  • Folato: 5% da DDR
  • Potássio: 5% da DDR
  • Vitamina K: 4% da DDR
  • Vitamina C: 3% da DDR
As berinjelas também contêm pequenas quantidades de outros nutrientes, incluindo niacina, magnésio e cobre.

Resumindo: A berinjela fornece uma boa quantidade de fibra, vitaminas e minerais em poucas calorias.

2. Rica em antioxidantes

Além de conter uma variedade de vitaminas e minerais, as berinjelas possuem um elevado número de antioxidantes.

Os antioxidantes são substâncias que ajudam a proteger o corpo dos danos causados por substâncias nocivas conhecidas como radicais livres (3).

Estudos demonstraram que os antioxidantes poderiam ajudar a prevenir muitos tipos de doenças crônicas, como doença cardíaca e câncer (4, 5).

As berinjelas são especialmente ricas em antocianinas, um tipo de pigmento com propriedades antioxidantes responsáveis por sua cor vibrante (6).

Em particular, uma antocianina em berinjelas chamada nasunina é especialmente benéfica.

Na verdade, vários estudos de tubo de ensaio confirmaram que é eficaz na proteção de células contra danos causados por radicais livres nocivos (7, 8).

Resumindo: As berinjelas são ricas em antocianinas, um pigmento com propriedades antioxidantes que podem proteger contra danos celulares.

3. Pode reduzir o risco de doença cardíaca

Graças ao seu conteúdo antioxidante, alguns estudos sugerem que as berinjelas podem ajudar a reduzir o risco de doença cardíaca.

Em um estudo, em coelhos com alto teor de colesterol receberam diariamente dióxido de sódio (10 ml) de suco de berinjela por duas semanas.

No final do estudo, eles apresentaram níveis mais baixos de colesterol LDL e triglicerídeos, dois marcadores de sangue que podem levar a um risco aumentado de doença cardíaca quando elevado  (9).

Outros estudos demonstraram que as berinjelas podem ter um efeito protetor no coração.

Em um estudo, os animais foram alimentados com berinjela crua ou grelhada por 30 dias. Ambos os tipos melhoraram a função cardíaca e reduziram a gravidade do ataque cardíaco (10).

Embora esses resultados sejam promissores, é importante notar que a pesquisa atual é limitada aos estudos de animais e tubos de ensaio. Pesquisas adicionais são necessárias para avaliar como as berinjelas podem afetar a saúde do coração em seres humanos.

Resumindo: Alguns estudos em animais descobriram que as berinjelas podem melhorar a função cardíaca e reduzir os níveis de colesterol LDL e triglicerídeos, embora a pesquisa humana seja necessária.

4. Pode promover o controle do açúcar no sangue

Adicionar berinjelas à sua dieta pode ajudar a manter seu açúcar no sangue sob controle.

Isto acontece, principalmente porque as berinjelas são ricas em fibras, que passam pelo sistema digestivo intactas (11).

A fibra pode diminuir o açúcar no sangue diminuindo a taxa de digestão e absorção de açúcar no corpo. A absorção mais lenta mantém os níveis de açúcar no sangue estabilizados e evita picos e acidentes (12).

Outras pesquisas sugerem que os polifenóis ou compostos de plantas naturais, encontrados em alimentos como a berinjela, podem reduzir a absorção de açúcar e aumentar a secreção de insulina, o que pode ajudar a baixar o açúcar no sangue (13).

Um estudo de tubo de ensaio analisou extratos enxertados de polifenol de berinjela. Isso mostrou que eles poderiam reduzir os níveis de enzimas específicas que influenciam a absorção de açúcar, ajudando a reduzir o açúcar no sangue (14).

As berinjelas se encaixam bem nas atuais recomendações dietéticas para o controle da diabetes, que incluem uma dieta rica em fibras e grãos integrais e vegetais (15).

Resumindo: As berinjelas são ricas em fibras e polifenóis, que podem ajudar a reduzir os níveis de açúcar no sangue.

5. Pode ajudar com a perda de peso

As beringelas são ricas em fibras e baixas em calorias, tornando-as uma excelente adição a qualquer regime de perda de peso.

A fibra move-se lentamente pelo trato digestivo e pode promover a plenitude e a saciedade, reduzindo a ingestão de calorias (16).

Cada copo (82 gramas) de berinjela crua contém 3 gramas de fibra e apenas 20 calorias (2).

Além disso, as berinjelas são frequentemente usadas como substituição rica em fibras e baixas calorias para ingredientes de maior quantidade de calorias em receitas.

Resumindo: A berinjela é rica em fibras, mas baixa em calorias, ambas as quais podem ajudar a promover a perda de peso. Também pode ser usada em lugar de ingredientes com maior teor calórico.

6. Pode ter benefícios para combater o câncer

A berinjela contém várias substâncias que mostram potencial na luta contra células cancerosas.

Por exemplo, solasodine rhamnosyl glycosides (SRGs) são um tipo de composto encontrado em algumas plantas, incluindo as berinjelas.

Alguns estudos em animais mostraram que os SRGs podem causar a morte de células cancerosas e também podem ajudar a reduzir a recorrência de certos tipos de câncer (17).

Embora a pesquisa sobre o tema seja limitada, os SRGs mostraram ser especialmente efetivos contra o câncer de pele quando aplicados diretamente na pele (18, 19, 20).

Além disso, vários estudos descobriram que comer mais frutas e vegetais, como a berinjela, pode proteger contra certos tipos de câncer.

Uma revisão que analisou aproximadamente 200 estudos descobriu que comer frutas e vegetais estava associado à proteção contra câncer de pâncreas, estômago, colorretal, bexiga, cervical e de mama  (21).

No entanto, são necessárias mais pesquisas para determinar como os compostos encontrados nas berinjelas podem afetar especificamente o câncer em seres humanos.

Resumindo: As beringelas contêm glicosídeos de solnasodina e rhamnosilo, que estudos do tubo de ensaio indicam que podem ajudar no tratamento do câncer. Comer mais frutas e vegetais também pode proteger contra alguns tipos de câncer.

7. Muito fácil de adicionar à sua dieta

A beringela é incrivelmente versátil e pode ser facilmente incorporada à sua dieta.

Pode ser cozida, assada, grelhada ou salteada e apreciada com uma chuva de azeite e uma rápida jogada de tempero.

Também pode ser usada como uma substituição de baixa caloria para muitos ingredientes com alta quantidade de calorias.

Isso pode reduzir a ingestão de carboidratos e calorias, tudo isso aumentando a fibra e o conteúdo de nutrientes da sua refeição.

Resumindo: A beringela é um ingrediente versátil que pode ser preparado e apreciado de diferentes maneiras.

Concluindo

A beringela é um alimento rico em fibras e com baixas calorias que é rico em nutrientes e vem com muitos benefícios potenciais para a saúde.

Desde reduzir o risco de doenças cardíacas até ajudar com controle de açúcar no sangue e perda de peso, as beringelas são uma adição simples e deliciosa a qualquer dieta saudável.

Elas também são incrivelmente versáteis e se encaixam perfeitamente em vários pratos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário