A queda de cabelo nas mulheres é uma condição bastante comum que pode levar a muitos problemas emocionais e situações desconfortáveis. Também pode ser um indicador de alguma importante condição de saúde subjacente e, portanto, não deve ser ignorado. A deficiência de proteína, estresse, distúrbios autoimunes são algumas das razões que podem causar queda de cabelo em mulheres.

Os sintomas da queda de cabelo podem variar de muito leves a extremos. Estes incluem desbaste de cabelo, calvície, áreas calvas, etc. Há muitos tratamentos, remédios caseiros e prevenção disponíveis para a condição de perda de cabelo; nós discutimos todos eles em detalhes abaixo.

19 maneiras surpreendentes de prevenir a queda de cabelo nas mulheres

Causas da perda de cabelo

Há muitas coisas que podem desencadear a perda de cabelo. Elas são:

Estresse Físico ou Emocional

Uma das razões principais e comuns para a queda de cabelo em mulheres é o estresse físico ou emocional. O divórcio, uma cirurgia, trauma, etc., podem ser fatores importantes de indução de estresse e, portanto, pode-se experimentar uma quantidade significativa de perda de cabelo durante esse período. Isso acontece porque o seu corpo está se esforçando para direcionar seus recursos para que você passe pela situação. Alterações físicas como perda súbita de peso, febre alta, etc., também podem resultar em perda de cabelo.

Gravidez

Outro nome para perda de cabelo pós-gravidez é o eflúvio telógeno. Uma queda nos níveis de estrogênio após a gravidez leva a essa condição. Isso acontece principalmente no período de 3 a 6 meses após a gravidez. O eflúvio telógeno é uma causa muito comum de perda de cabelo entre as mulheres; uma média de cerca de 40% a 50% de mulheres experimenta queda de cabelo por um período temporário de tempo pós-gravidez.

Hereditariedade (alopecia androgênica ou androgenética)

Outra grande causa de perda de cabelo nas mulheres é a hereditariedade. Outros nomes para este tipo de perda de cabelo são alopecia androgenética, queda de cabelo padrão feminino, a calvície feminina ou alopecia padrão feminino. Uma família com histórico de queda de cabelo em mulheres automaticamente tornará suas atuais gerações mais propensas a essa condição. Na queda de cabelo hereditária, a linha parcial gradualmente começa a afinar a partir do topo da cabeça. Mas, é suficiente dizer que, mesmo nessa condição, a linha do cabelo raramente recua e quase nunca resulta em calvície.

Falta de proteína

É muito importante ter grandes quantidades de proteína em sua dieta, se você quiser evitar a perda de cabelo. Às vezes, quando as pessoas fazem dieta, reduzem os alimentos ricos em proteínas. Isso leva à desnutrição protéica e, quando isso acontece, o organismo tenta economizar proteína, interrompendo o crescimento do cabelo. Depois disso, a queda de cabelo ocorre nos próximos 2-3 meses. Dito isto, também é bastante fácil de reverter e evitar a perda de cabelo causada por uma deficiência de proteína.

Anemia

Um nutriente muito importante para a saúde do cabelo é o ferro. Um baixo número de glóbulos vermelhos no organismo pode causar anemia por deficiência de ferro, tornando necessário a ingestão de alimentos ricos em ferro. Outras razões para a perda de cabelo induzida por anemia podem ser as do corpo não absorver adequadamente os nutrientes, a perda de sangue, a gravidez, a doença, etc.
Algumas outras causas de perda de cabelo em mulheres podem ser sífilis, desordens autoimunes, quimioterapia, anormalidades da haste capilar, etc. Um diagnóstico adequado por um médico irá ajudá-la a identificar o motivo por trás de sua queda de cabelo.

Tratamentos médicos e remédios caseiros para a queda de cabelo

Existem muitos tratamentos médicos disponíveis para tratar a queda de cabelo. Estes incluem vários tratamentos medicinais, tratamentos cirúrgicos, terapias a laser, etc.

Minoxidil

Existe um medicamento chamado Minoxidil que é amplamente usado para tratamento de queda de cabelo. Ele vem na forma de um líquido ou espuma, que você tem que esfregar em seu couro cabeludo em torno de duas vezes por dia. Ajuda na regeneração do cabelo e também previne a queda de cabelo. Os resultados podem ser vistos após a aplicação regular do produto durante meses e até anos. Uma coisa a notar aqui é que a calvície será retomada assim que você parar de usar o minoxidil. Portanto, é um compromisso para toda a vida usar este medicamento para quaisquer melhorias significativas.

Massagem com óleo de coco

Você pode aquecer um pouco de óleo de coco e usá-lo para massagear o couro cabeludo com as pontas dos dedos. Isso é benéfico no aumento do fluxo sanguíneo para os folículos capilares, fortalecendo e condicionando-os.

Corticosteróides

Medicamentos ou injeções de corticosteróides contêm um tipo de hormônio. Eles suprimem o sistema imunológico e, assim, ajudam a se livrar da alopecia areata. Eles podem ser tomados através de uma injeção ou na forma de cremes e pomadas. Para melhorar notavelmente a condição de perda de cabelo, a injeção deve ser feita várias vezes em um mês.

Tratamento de luz ultravioleta

Este tratamento inclui terapia de luz que é realizada a cada semana, duas a três vezes. Pode levar de 26 semanas a um ano para ver algum resultado desse tratamento. O tratamento com laser expõe sua pele aos raios ultravioleta e, portanto, apresenta algum risco de câncer de pele, pigmentação, náusea, etc. E por conta desses riscos, não é muito recomendado pelos médicos.

Terapia de reposição hormonal

Este é um método eficaz para aquelas mulheres que estão enfrentando perda de cabelo pós-menopausa. Embora, um pouco controverso, este tratamento é bastante eficaz no tratamento da doença. Envolve uma ingestão de progesterona e estrogênio através de pílulas, adesivos e cremes. Também ajuda a aliviar outros sintomas pós-menopausa. É mais frequentemente prescrito para calvície ou alopecia androgenética.

Aloe Vera (Babosa)

Aloe Vera contém várias enzimas que ajudam no crescimento saudável do cabelo. Ou você pode aplicar diretamente o suco de Aloe Vera / gel em seu couro cabeludo ou você pode tomar uma colher de chá de Aloe Vera com o estômago vazio. Uma das enzimas que ela contém, proteolítica, ajuda a reparar todas as células mortas da pele no couro cabeludo. Aloe vera também pode ser usado como um condicionador para cabelos lisos e brilhantes. Não só isso, ela também controla a caspa, coceira e também promove o crescimento do cabelo.

Transplante Capilar

O transplante de cabelo é um dos tratamentos de perda de cabelo mais caros. Requer um processo cirúrgico que é muito doloroso, invasivo e leva a cicatrizes. Mas, o cabelo implantado cirurgicamente não só cresce, mas também permanece com você por um longo tempo.

Melhor circulação sanguínea

É importante manter o sangue e o oxigênio fluindo para todas as partes do corpo. No entanto, muitas pessoas com má circulação descobrem que as células do couro cabeludo morrem, o que significa que o cabelo vai parar de crescer. Portanto, é importante estimular a circulação sanguínea e manter níveis adequados de ferro no organismo. A deficiência de ferro é chamada anemia e, sem ferro, você não consegue produzir glóbulos vermelhos. Junto com o ferro, é importante estimular a superfície da própria pele, que atrai sangue para a área e estimula o crescimento do cabelo e a vida nas células foliculares. A massagem do couro cabeludo é uma das melhores maneiras de criar este fluxo sanguíneo benéfico. No entanto, se a sua queda de cabelo tende a se acumular quando ela é esfregada (com um pincel ou enquanto lava o cabelo), você pode não querer massagear com muita frequência, pois isso só vai exacerbar a perda de cabelo.

Vitaminas e minerais

Como mencionado acima, o ferro pode ser um elemento perigoso a faltar em seu corpo, se você está sofrendo de perda de cabelo. No entanto, um elemento ainda mais importante na saúde do cabelo é realmente a vitamina B. Uma forma específica de vitamina B, chamada biotina, é extremamente importante no crescimento e na saúde do cabelo. É por isso que sempre deve haver quantidades adequadas de biotina em seu corpo. A maioria das mulheres acreditam que este é o remédio mais bem-sucedido para a perda de cabelo, muitas vezes vendo um aumento no crescimento do cabelo e uma clara parada para a perda de cabelo.

Óleo de jojoba

O óleo de jojoba é um poderoso remédio caseiro que está em uso há mais de cem anos. Tem um efeito poderoso no crescimento do cabelo quando esfregado no couro cabeludo e no cabelo, particularmente no local onde você notou a perda.

Serenoa repens

A Serenoa repens é extremamente benéfica para a perda de cabelo em mulheres. Conhecida por bloquear a formação de di-hidrotestosterona, que é um hormônio que mata todos os folículos pilosos, resultando em perda de cabelo grave. Este tipo de hormônio geralmente leva à alopecia, então o consumo de uma quantidade maior de Serenoa repens pode melhorar drasticamente a saúde do seu cabelo.

Alecrim

O alecrim é usado na saúde do cabelo há séculos. A maneira mais recomendada de usá-lo é quando misturado com óleo de amêndoa. Isso pode ser aplicado diretamente no couro cabeludo e na área do cabelo em questão.

Óleo de Emu

Este é ainda outro óleo que é comumente recomendado por curandeiros alternativos para a perda de cabelo em mulheres. Basicamente, o óleo de Emu funciona como um hidratante e estimula o crescimento do cabelo nos folículos. Isso pode ser aplicado diretamente no couro cabeludo.

Alcaçuz

Esta pode ser uma maneira muito eficaz para evitar a formação de di-hidrotestosterona, semelhante ao Serenoa repens. A di-hidrotestosterona vem da testosterona, mas o alcaçuz não permite que o hormônio passe por essa transição.

Cártamo

Em um esforço para aumentar a circulação, adicionar cártamo à sua dieta é uma boa ideia. O cártamo é conhecido por ser um bom vasodilatador que abre especificamente os vasos sanguíneos no couro cabeludo. Os vasodilatadores reduzem a pressão sanguínea ao relaxar os vasos sanguíneos, aumentando assim o sangue e o oxigênio para as células do couro cabeludo, de modo que o crescimento do cabelo é estimulado.

Alimentos ricos em potássio

Alimentos como bananas são uma boa ideia para comer enquanto sofrem de perda de cabelo. Da mesma forma que o cártamo, o potássio é um vasodilatador muito poderoso e pode melhorar seriamente a circulação do sangue nas células do couro cabeludo. Também ajuda a gerenciar o equilíbrio de fluidos no corpo, o que mantém as células adequadamente mantidas, prevenindo o mau funcionamento dos folículos.

Dieta saudável

Uma má alimentação pode ser muito perigoso porque desequilibra os hormônios do seu corpo se a glândula tireoide não estiver funcionando adequadamente, como acontece quando você perde peso ou engorda drasticamente. Quando seus hormônios se desequilibram, sua testosterona pode facilmente mudar para di-hidrotestosterona, matando as células foliculares. Em outras palavras, faça dieta de maneira saudável.

Aromaterapia e Meditação

Se você sofre de depressão ou ansiedade excessiva, isso pode afetar seriamente o seu equilíbrio hormonal. Isso significa que sua condição psicológica pode afetar sua condição física, então tente aliviar sua depressão com técnicas como aromaterapia e meditação, para que seu cabelo não seja afetado negativamente por seu mau humor ou preocupações!

Groselha Indiana (Amla)

A groselha indiana ou amla fornece um grande número de benefícios para o seu cabelo e couro cabeludo. Ela contém taninos, vitamina C, antioxidantes, kaempferol, flavonóides e ácido gálico. Todos esses nutrientes ajudam a melhorar a textura do cabelo. A amla também contém vitamina C, a falta de que no corpo é uma das principais razões para a perda de cabelo.

A perda de cabelo nas mulheres tem sido um assunto de tabu há muito tempo e isso levou as mulheres a recorrer principalmente a remédios caseiros. Mas com a ampliação do pensamento das pessoas nos dias de hoje, tratamentos médicos novos e avançados estão sendo frequentemente favorecidos. Então, se nenhuma dessas soluções preventivas e remédios caseiros funcionarem, você ainda terá muitas maneiras de tratar sua queda de cabelo.

Postar Comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem