6 Benefícios do óleo de linhaça e como usá-lo

As sementes de linhaça são conhecidas por seus muitos benefícios para a saúde, que incluem o fornecimento de uma boa dose de proteína e fibra, reduzir o apetite e ajudar no controle de peso (1, 2).

Dado o seu perfil de nutrientes estelar, não é de admirar que o óleo de linhaça também esteja repleto de benefícios semelhantes para a saúde.

O óleo de linhaça, também conhecido como óleo de linho, é feito de sementes de linhaça que foram moídas e pressionadas para liberar seu óleo natural.

Este óleo que promove a saúde possui uma grande variedade de usos, desde cozinhar até cuidados com a pele.

Este artigo irá explorar alguns dos principais benefícios do óleo de linhaça e algumas maneiras simples de usá-lo.

1. Rico em ácidos graxos ômega-3

6 Benefícios do óleo de linhaça e como usá-lo
Tal como as sementes de linhaça, o óleo de linhaça é carregado com ácidos graxos ômega-3 saudáveis ​​para o coração.

Na verdade, uma colher (15 ml) contém uma impressionante 7,196 mg de ácidos graxos ômega-3 (3).

Especificamente, o óleo de linhaça contém ácido alfa-linolênico (ALA), uma forma de ácido graxo omega-3 que só é convertida em pequenas quantidades a formas ativas de ômega-3, como EPA e DHA (4).

Se você não está recebendo DHA e EPA suficientes em sua dieta, a maioria das diretrizes recomendam pelo menos 1.600 mg de ácidos graxos de ALA omega-3 diariamente para homens e 1.100 mg para mulheres (5).

Apenas uma colher de sopa de óleo de linhaça pode atender e exceder suas necessidades diárias de ALA (3).

Os ácidos graxos ômega-3 são essenciais para a saúde e têm sido associados a benefícios como inflamação reduzida, melhora a saúde do coração e proteção para o cérebro contra o envelhecimento (6, 7, 8).

Se você não está tomando óleo de peixe ou obtendo uma a duas porções de peixe gordo em sua dieta a cada semana, o óleo de linhaça pode ser uma boa solução para ajudar a complementar sua dieta com os ácidos graxos ômega-3 que você precisa.

Resumindo: O óleo de linhaça é rico em ácidos graxos ômega-3 de ALA, que tem sido associado a inúmeros benefícios para a saúde.

2. Pode ajudar a reduzir o crescimento de células cancerígenas

Embora a pesquisa atual esteja limitada principalmente a ensaios em tubos de ensaio e estudos em animais, há algumas evidências de que o óleo de linhaça pode ajudar a reduzir o crescimento de células cancerosas.

Em um estudo com animais, os ratos receberam 0,3 ml de óleo de linhaça por 40 dias. Verificou-se que previne a propagação do câncer e o crescimento de tumores pulmonares (9).

Em outro estudo de pequenos animais, o óleo de linhaça mostrou bloquear a formação de câncer de cólon em ratos (10).

Além disso, os estudos do tubo de ensaio produziram achados semelhantes, com vários estudos mostrando que o óleo de linhaça reduziu o crescimento das células de câncer de mama  (11, 12).

Ainda assim, embora essas descobertas sejam promissoras, é necessária mais pesquisa para determinar como esses resultados podem se traduzir em seres humanos.

Resumindo: Alguns estudos com tubo de ensaio e animais mostram que o óleo de linhaça pode reduzir o crescimento de células cancerosas, embora seja necessária pesquisa adicional em seres humanos.

3. Pode beneficiar a saúde do coração

Vários estudos descobriram que o óleo de linhaça pode beneficiar a saúde cardíaca.

Em um estudo em 59 participantes, os efeitos do óleo de linhaça foram comparados aos efeitos do óleo de cártamo, um tipo de óleo rico em ácidos graxos ômega-6.

Neste estudo, suplementar com uma colher de sopa (15 ml) de óleo de linhaça durante 12 semanas levou a níveis significativamente mais baixos de pressão arterial do que suplementar com óleo de cártamo (13).

A pressão arterial elevada pode prejudicar a saúde do coração, pois pode colocar pressão extra sobre o coração, forçando-a a trabalhar mais.

O óleo de linhaça também pode melhorar a elasticidade das artérias. Tanto o envelhecimento quanto o aumento da pressão arterial estão geralmente ligados a diminuição da elasticidade (14).

Esses benefícios são prováveis ​​devido à alta concentração de ácidos graxos ômega-3 no óleo de linhaça, pois suplementar com ele mostrou aumentar significativamente a quantidade de omega-3 no sangue (15).

Além disso, vários estudos mostraram que os ácidos graxos ômega-3 melhoram a saúde do coração, com benefícios como inflamação reduzida e menor pressão arterial (16, 17).

Resumindo: Alguns estudos mostraram que o óleo de linhaça pode melhorar a saúde do coração, reduzindo a pressão arterial e aumentando a elasticidade das artérias.

4. Pode ajudar a tratar constipação e a diarreia

O óleo de linhaça pode ser efetivo no tratamento de constipação e diarreia.

Um recente estudo com animais mostrou que o óleo de linhaça atuou como um laxante para promover a regularidade, enquanto atuou como agente antidiarreico (18).

Outro estudo deu a 50 pacientes constipados em hemodiálise, óleo de linhaça, azeite ou óleo mineral.

Após quatro semanas, o óleo de linhaça aumentou a frequência de movimentos intestinais e a consistência das fezes. Além disso, verificou-se que era tão eficaz quanto o azeite e o óleo mineral (19).

No entanto, a pesquisa sobre os efeitos do óleo de linhaça na constipação e diarreia é atualmente limitada a estudos em animais e estudos sobre pessoas com condições específicas.

Estudos adicionais são necessários para avaliar sua eficácia na população em geral.

Resumindo: Alguns estudos em animais e humanos mostraram que o óleo de linhaça pode ajudar a tratar constipação e diarreia, mas pesquisas adicionais são necessárias.

5. Pode melhorar a saúde da pele

O óleo de linhaça também pode ajudar a melhorar a saúde da pele.

Um estudo pequeno tinha 13 mulheres suplementadas com óleo de linhaça por 12 semanas. No final do estudo, elas experimentaram melhorias na suavidade e hidratação da pele, enquanto a sensibilidade da pele à irritação e à rugosidade diminuiu  (20).

Um recente estudo com animais mostrou que o óleo de linhaça apresentou resultados positivos semelhantes.

Os ratos com dermatite receberam óleo de linhaça por três semanas. O óleo mostrou diminuir os sintomas de dermatite atópica, como vermelhidão, inchaço e coceira (21).

No entanto, nenhum estudo analisou os benefícios da aplicação de óleo de linhaça na pele das pessoas. No entanto, existem inúmeros relatórios anedóticos de melhorias na suavidade e irritação reduzida após a aplicação de óleo de linhaça.

Resumindo: Estudos em animais e humanos mostram que suplementar com óleo de linhaça pode ajudar a melhorar a suavidade e a hidratação da pele, ao mesmo tempo em que trata certas condições da pele, como a dermatite.

6. Pode reduzir a inflamação

Graças ao seu teor de ácidos graxos ômega-3, algumas pesquisas mostram que o óleo de linhaça pode ajudar a reduzir a inflamação em certas populações.

No entanto, uma análise de 20 estudos mostrou que o óleo de linhaça não teve efeito sobre a inflamação para a população em geral.

No entanto, reduziu significativamente os níveis de proteína C-reativa, um marcador usado para medir a inflamação, em pessoas obesas (22).

Um estudo em animais também descobriu que o óleo de linhaça tem potentes propriedades anti-inflamatórias (23).

No entanto, outras pesquisas produziram resultados conflitantes.

Por exemplo, um estudo teve suplemento de 37 participantes com azeite ou óleo de linhaça. Verificou que o óleo de linhaça não teve efeito sobre os marcadores inflamatórios em adultos saudáveis ​​e de peso normal (24).

Embora pareça que o óleo de linhaça pode afetar as pessoas de forma diferente, são necessárias mais pesquisas para determinar seus efeitos sobre a inflamação para a população em geral.

Resumindo: alguns estudos mostraram que o óleo de linhaça pode ter propriedades anti-inflamatórias. No entanto, pesquisas adicionais são necessárias, já que outros estudos encontraram resultados conflitantes.

Como usar o óleo de linhaça

Uma das melhores coisas sobre o óleo de linhaça é a sua versatilidade. Para iniciantes, pode ser facilmente substituído por outros tipos de óleo em molhos de salada, mergulhos e molhos.

Você também pode adicionar uma porção (uma colher de sopa ou 15 ml) em vitaminas ou batidos para adicionar algum óleo de linhaça em sua dieta com um esforço mínimo.

Tenha em mente que o óleo de linhaça não deve ser usado para cozinhar, pois não tem um alto ponto de fumaça e pode formar compostos prejudiciais quando combinados com calor (25).

Além de ser usado em alimentos, o óleo de linhaça pode ser aplicado à pele para melhorar a saúde da pele e aumentar a umidade da pele.

Alternativamente, algumas pessoas usam o óleo de linhaça como uma máscara de cabelo para promover o crescimento e o brilho.

Resumindo: O óleo de linhaça pode ser usado em lugar de outros tipos de óleo, adicionado a vitaminas e batidos ou aplicado diretamente sobre a pele e os cabelos.

Concluindo

O óleo de linhaça é rico em ácidos graxos ômega-3 e demonstrou ter vários benefícios para a saúde, como redução da pressão arterial e maior regularidade.

Além disso, o óleo de linhaça pode ser usado de diversas maneiras. Pode ser usado como um substituto para outros tipos de óleos, adicionados aos alimentos ou aplicados à sua pele e cabelo.

Incluir apenas uma ou duas porções de óleo de linhaça em sua rotina diária é fácil e pode ter inúmeros benefícios para sua saúde geral.
6 Benefícios do óleo de linhaça e como usá-lo 6 Benefícios do óleo de linhaça e como usá-lo Reviewed by Aldenir Araujo on setembro 29, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.