O tratamento natural da tireoide envolve mudanças em sua dieta, uso de suplementos para tireoide ou uso de remédios caseiros para a saúde da tireoide. Se você sofre de hipotireoidismo, você provavelmente precisará continuar o tratamento da tireóide pelo seu médico para manter os níveis normais de hormônios da tireóide. No entanto, existem muitos tratamentos naturais para ajudar a tratar ou gerenciar uma tireóide lenta.

Por exemplo, uma dieta de hipotireoidismo significa evitar certos alimentos, como soja e glúten, que podem interferir na função da tireóide. Além disso, o consumo de alimentos para a saúde da tireóide, como os ricos em selênio, zinco e vitaminas, pode ajudar a melhorar a condição da tireóide naturalmente. Outras maneiras de tratar uma tireoide com hipoatividade incluem suplementos para hipotireoidismo, como ashwagandha, ferro ou açafrão.

Neste artigo, você descobrirá os melhores remédios naturais para o hipotireoidismo e se esses tratamentos de tireóide são apoiados pela ciência. Você também aprenderá sobre alimentos para consumir e alimentos para evitar com hipotireoidismo.
Tratamentos Naturais Para Hipotireoidismo (Dieta, Remédios Caseiros, Suplementos)

O Que é Hipotireoidismo?

O hipotireoidismo é uma condição na qual a glândula tireoide não funciona adequadamente e não produz hormônio tireoidiano suficiente. Muitas vezes, o hipotireoidismo é referido como uma tireóide hipoativa.

Os médicos diagnosticam hipotireoidismo usando um exame de sangue para verificar os níveis de hormônio estimulante da tireóide (TSH). Se os níveis de TSH estiverem muito altos, a tireóide pode se tornar lenta e deixar de produzir hormônio tireoidiano suficiente.

O tratamento tradicional da tireóide envolve terapia de reposição hormonal para aumentar os níveis de hormônios da tireóide T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina).

Usar tratamentos naturais para o hipotireoidismo pode ajudar você a se sentir melhor se tiver sintomas muito leves de uma tireóide lenta (hipotireoidismo subclínico). No entanto, médicos da Clínica Mayo dizem que a dieta sozinha não pode curar o hipotireoidismo.

A Cleveland Clinic diz que a tireoidite de Hashimoto é uma condição autoimune que resulta em hipotireoidismo.

Quais São Alguns Sintomas de Hipotireoidismo?

Verificar os seus níveis de TSH (bem como os hormônios da tireóide) é a melhor maneira de confirmar o diagnóstico de hipotireoidismo. No entanto, uma pessoa geralmente apresenta vários sintomas de que a tireóide não está produzindo hormônio tireoidiano suficiente.

O European Journal of Endocrinology relata que alguns dos sintomas mais comuns de uma tireoide com hipoatividade incluem fadiga, falta de ar e pele seca.

Outros sinais de que você pode precisar de suporte natural da tireoide por causa de uma tireóide lenta podem incluir ganho de peso moderado, perda de cabelo, aumento da tireóide (bócio), nevoeiro cerebral ou dor nas articulações.

Saiba mais sobre os sinais que mostram que você pode estar sofrendo de um distúrbio da tireóide.

Qual é o Tratamento Convencional Para o Hipotireoidismo?

Tratar uma deficiência de hormônio da tireóide geralmente requer prescrever terapia de reposição hormonal.

Os médicos geralmente prescrevem a droga levotiroxina se os exames de sangue mostrarem altos níveis de TSH e baixos níveis de T4. No entanto, alguns sinais de hipotireoidismo podem aparecer se os níveis de TSH forem aumentados e T4 estiver dentro da faixa normal.

O objetivo do tratamento tradicional da tireóide é aumentar os níveis de hormônio T4 dentro da faixa normal. Para saber mais sobre T3 e T4, leia o meu guia completo sobre os hormônios tireoidianos T3 e T4.

Quais São os Tratamentos Naturais de Tireóide?

Se você toma medicação para o hipotireoidismo, pode achar útil também usar remédios naturais para distúrbios da tireoide. Embora não haja medicação natural da tireóide recomendada pelos médicos, os tratamentos holísticos para o hipotireoidismo podem ajudar a melhorar a condição da tireóide.

Apenas certifique-se de consultar o seu médico antes de tomar qualquer suplemento natural, pois alguns deles podem interferir com os medicamentos.

O Iodo é Essencial Para a Função Tireoidiana Adequada

O iodo não é uma alternativa natural à levotiroxina, mas sua tireoide precisa de iodo para produzir hormônios suficientes.

Pesquisadores dizem que T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina) são hormônios contendo iodo. Uma deficiência de iodo pode resultar em uma tireóide lenta e sintomas de hipotireoidismo. É importante lembrar que as deficiências de iodo são bastante raras nos países desenvolvidos.

Fontes de alimentos contendo iodo que podem prevenir o hipotireoidismo relacionado ao iodo incluem frutos do mar, algas, laticínios e sal fortificado com iodo.

Também é importante lembrar que o excesso de iodo também pode resultar em disfunção tireoidiana.
Você deve sempre falar com seu médico antes de tomar suplementos de iodo para uma tireoide com hipoatividade.

Selênio e Função Tireoidiana

O selênio está entre os suplementos naturais para o hipotireoidismo, pois o mineral ajuda a metabolizar os hormônios da tireóide.

O International Journal of Endocrinology relatou em 2017 que o selênio pode ajudar a melhorar os sintomas da tireoidite autoimune. Alguns estudos mostram que tomar suplementos de selênio para tireoide ajudou a melhorar a função da tireoide e melhorar a qualidade de vida de um paciente.

Os cientistas dizem que você deve manter níveis adequados de selênio para prevenir doenças da tireóide. A suplementação de selênio pode beneficiar pessoas com tireoidite de Hashimoto ou doença de Graves (hipertireoidismo).

Alimentos ricos em selênio incluem castanhas, peixe oleoso, frutos do mar, peru, carne bovina, ovos e arroz integral.

Antes de tomar selênio para ajudar a tratar o hipotireoidismo naturalmente, você deve falar com seu médico para ver como o nutriente pode afetar sua medicação para a tireoide.

O Zinco Como Suplemento da Tireóide Para o Hipotireoidismo

Tomar zinco pode ser útil para uma tireóide baixa, porque as deficiências de zinco são comuns em pessoas com uma tireóide lenta.

Pesquisadores relatam que o zinco promove uma boa função da tireóide e ajuda a produzir hormônios da tireoide. Uma deficiência de zinco pode resultar em uma tireóide hipoativa. Por outro lado, você precisa ter hormônio tireoidiano suficiente para absorver adequadamente o zinco.

Um caso mostrou que a suplementação de zinco para hipotiroidismo ajudou a melhorar a condição da pele, a perda de cabelo invertida e a depressão tratada. Como a deficiência de zinco foi a causa raiz da condição da tireoide, a suplementação, nesse caso, foi mais eficaz do que o tratamento de substituição da tireoide.

Outros estudos mostraram que o zinco juntamente com o cobre, manganês e selênio é essencial para a função saudável da tireóide.

Alimentos que são ricos em zinco e outros nutrientes essenciais para incluir em um plano de dieta da tireóide incluem frutos do mar, carne de vaca, castanha de caju, aveia e produtos lácteos.

Ferro Para Suporte da Tireóide

Obter ferro suficiente em sua dieta é essencial para evitar problemas de tireóide.

Estudos do Japão revelaram que as mulheres grávidas geralmente apresentam deficiências de ferro leves a moderadas. Isso pode resultar em níveis mais altos de TSH e baixos níveis de T4 livre, resultando em sinais de hipotireoidismo. Os cientistas disseram que a deficiência de ferro está relacionada a uma tireoide pouco ativa no início da gravidez.

De acordo com o National Institutes of Health, os alimentos ricos em ferro incluem aves, carne bovina e frutos do mar. Se você é vegano ou vegetariano, é importante tomar vitamina C para ajudar a absorver o ferro de fontes vegetais de ferro, como leguminosas, verduras e nozes.

Você pode aprender sobre os principais sinais de deficiência de ferro para aprender quando precisar tomar suplementos. Descubra quais são os melhores suplementos para tratar deficiências de ferro.

Vitamina D Para Hipotireoidismo

É importante ter certeza e obter vitamina D suficiente para ajudar a prevenir distúrbios da tireóide, como tireoidite de Hashimoto ou doença de Graves.

Uma pesquisa publicada em 2017 descobriu que a deficiência de vitamina D está frequentemente relacionada a doenças autoimunes. Quantidades adequadas de vitamina D3 são necessárias para estimular a tireóide e produzir hormônios da tireoide suficientes.

Os cientistas observaram que mais pesquisas precisam ser feitas para ver como os suplementos de vitamina D para a baixa tireóide podem ser benéficos no tratamento da doença.

Saiba mais sobre algumas das outras doenças que podem estar ligadas a uma deficiência de vitamina D. Muitas vezes a vitamina D é um nutriente essencial que está faltando em nossas dietas.

Ashwagandha Para Ajudar a Reduzir os Sintomas do Hipotireoidismo

Tomar ashwagandha como um suplemento natural da tireóide poderia ajudar a aumentar os níveis de hormônios da tireóide e melhorar sua qualidade de vida.

Um estudo de 2018 envolvendo 50 pessoas com altos níveis de TSH descobriu que a ashwagandha ajudou a tratar o hipotireoidismo subclínico. Tomar 600 mg de suplementos de ashwagandha para a saúde da tireóide ajudou a normalizar significativamente os marcadores da tireóide.

Se você estiver interessado em saber mais sobre ashwagandha e como este suplemento herbal promove a boa saúde, por favor leia este artigo.

Cúrcuma Para a Saúde da Tireóide

A cúrcuma é uma das ervas para distúrbios da tireóide como suas propriedades antioxidantes têm um efeito benéfico sobre a saúde da tireóide.

Um estudo em modelos animais descobriu que tomar vitamina C, E e Curcuma ajudou a melhorar a função da tireóide em casos de hipotireoidismo.

Outros estudos descobriram que os suplementos de cúrcuma podem ajudar os distúrbios da tireóide ligados ao hipertireoidismo. A suplementação de cúrcuma ajudou a reduzir o tamanho da tireóide aumentada (bócio) e normalizar os níveis de hormônio da tireoide.

Suco de Aloe Vera Promove a Boa Saúde da Tireóide

Uma medicação natural da tireóide é o suco de aloe vera, porque pode reverter alguns dos efeitos do hipotireoidismo.

Um estudo publicado em 2018 descobriu que beber 50 ml de suco de aloe vera pode ajudar a melhorar os níveis de T3 e T4. Durante um período de 9 meses, o consumo de suco de aloe vera ajudou a reduzir a quantidade de medicação da tireóide que era necessária. Os pesquisadores sugeriram que a aloe vera pode ser usada para tratar o hipotireoidismo subclínico leve.

Saiba mais sobre o suco de aloe vera e como beber aloe vera pode ser útil como tratamento natural da tireoidite de Hashimoto se você tiver uma tireóide fraca.

Qual é a Dieta de Hipotireoidismo ou Dieta da Tireóide?

A "dieta da tireóide" é projetada para apoiar a função da tireóide saudável enquanto você está passando por tratamento da tireóide.

Em relação às necessidades dietéticas para pessoas com hipotireoidismo, o Journal of Medical Nutrition & Nutraceuticals diz que é importante consumir alimentos com certos micronutrientes. Por exemplo, os médicos recomendam que os alimentos que ajudam a tireóide sejam ricos em ferro, vitamina A, zinco e selênio.

Como a deficiência de iodo é uma causa de hipotireoidismo, alimentos ricos em iodo podem ajudar no hipotireoidismo, ajudando a manter a tireóide funcionando adequadamente. No entanto, os médicos advertem contra tomar suplementos de iodo para a saúde da tireóide, pois isso pode levar a doses excessivas.

Mesmo que seja difícil curar sua tireóide naturalmente com sua dieta, pesquisadores da Harvard Medical School dizem que você deve ingerir alimentos nutritivos. Uma "dieta de hipotireoidismo" pode ajudá-lo a se sentir melhor e melhorar sua digestão. O exercício também pode ajudar a aliviar alguns dos sintomas associados à baixa função da tireoide.

Uma dieta saudável e exercícios regulares também ajudarão você a perder peso com hipotireoidismo.
Muitos médicos também dizem que a dieta de Hashimoto deve incluir alimentos que sejam nutritivos e saudáveis ​​sem chegar a extremos.

Dieta Vegana e Hipotireoidismo

Há algumas evidências de que consumir uma dieta baseada em vegetais pode apoiar a função saudável da tireóide.

A revista Nutrients relatou que seguir uma dieta vegana pode ajudar a prevenir o desenvolvimento de uma tireoide pouco ativa. No entanto, os pesquisadores observaram que o risco menor não foi estatisticamente significativo.

Se você não consumir produtos cárneos, poderá ter um risco maior de hipotireoidismo. Os cientistas dizem que frutas e legumes não são uma boa fonte de iodo. Nutricionistas recomendam que veganos e vegetarianos que são deficientes em iodo devem incluir em sua dieta "tireóide" 150 mg de iodo diariamente.

Uma forma de suplementar a sua dieta é consumir a espirulina, uma vez que esta é uma fonte natural de iodo, à base de plantas.

Alimentos a Evitar na Dieta do Hipotireoidismo

Se você estiver procurando por uma dieta para hipotireoidismo e tomar suplementos de suporte da tireóide, é importante evitar certos alimentos.

Os remédios naturais para a baixa função da tireóide podem envolver a remoção de alimentos que contenham soja, glúten ou alimentos que inibem a função da tireóide.

Soja

A maioria dos conselhos dietéticos para o hipotireoidismo recomenda evitar o consumo de grandes quantidades de soja e alimentos à base de soja.

A razão pela qual a soja é um dos alimentos a evitar na dieta de tireoidite de Hashimoto é que a proteína de soja e as isoflavonas da soja podem afetar a glândula tireóide.

A revista Thyroid publicou uma revisão em 14 ensaios clínicos que envolveram a função da soja e da tireóide. Os pesquisadores descobriram algumas evidências de que os alimentos de soja poderiam inibir a absorção dos hormônios da tireóide e exigir doses maiores de medicação. Consumir grandes quantidades de produtos de soja e sem níveis adequados de iodo pode aumentar o risco de hipotiroidismo.

Um caso descobriu que consumir grandes quantidades de bebidas de soja pode afetar os níveis de hormônios da tireóide no sangue.

No entanto, quando se trata de consumir uma quantidade razoável de soja, alguns médicos dizem que consumir a quantidade normal de soja não deve afetar os hormônios da tireoide se a pessoa estiver sendo tratada com reposição de hormônio tireoidiano.

Vegetais Crucíferos na Dieta do Hipotiroidismo

Embora vegetais como couve, brócolis, couve-flor, nabos e bok choy sejam geralmente saudáveis, eles contêm compostos que podem afetar a função da tireóide (alimentos goitrogênicos).

Pesquisas descobriram que o consumo de vegetais crucíferos (vegetais brassica) em grandes quantidades pode inibir a síntese de hormônios tireoidianos. Alguns vegetais crucíferos podem afetar a absorção de iodo na glândula tireóide.

Alguns estudos mostraram que pessoas com deficiência de iodo e que consomem vegetais crucíferos têm um risco aumentado de câncer de tireoide. No entanto, é bom lembrar que as deficiências de iodo no Ocidente são raras e, em geral, os vegetais crucíferos ajudam a reduzir o risco de câncer.

A fim de reduzir os bócio no alimento, você também pode cozinhar vegetais crucíferos, pois as altas temperaturas desativam as substâncias biogênicas.

Glúten

O glúten é uma proteína encontrada em muitos grãos, e a doença celíaca é frequentemente associada a distúrbios autoimunes da tireóide.

Remover o glúten como parte da dieta de Hashimoto pode ajudar a melhorar muitos dos seus sintomas relacionados à tireoide.

Um estudo piloto envolvendo mulheres com tireoidite autoimune descobriu que a eliminação do glúten ajudou a aumentar os níveis de T3 e T4. Os resultados do estudo confirmaram que uma dieta sem glúten pode beneficiar pessoas com hipotireoidismo autoimune.

Postar Comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem