As mulheres conhecem os problemas, o estresse e a frustração que os desequilíbrios hormonais podem causar. Quando os hormônios flutuam, podem sentir raiva, emotivas, cansaço, mau humor e sofrer o constrangimento de um surto de acne. No entanto, não importa o que os parceiros digam, o equilíbrio hormonal é essencial para a saúde geral e não apenas uma desculpa esfarrapada para mudanças de humor e sensação de "falta de cor".

De fato, os sinais de desequilíbrios hormonais não afetam apenas o humor e as emoções. Os hormônios também afetam diretamente as chances de engravidar e também podem afetar a ovulação e o desejo sexual.

Neste artigo, você aprenderá sobre os sintomas do desequilíbrio hormonal e as razões pelas quais a química natural do seu corpo está mudando constantemente. Primeiro de tudo, vamos ver por que é importante manter seus hormônios em equilíbrio.

15 Sinais de Que Você Tem um Desequilíbrio Hormonal e o Que Você Pode Fazer Sobre Isso

O Que São Hormônios?

Os hormônios são produzidos pelas glândulas do corpo e controlam a maioria das funções corporais - desde necessidades muito simples, como fome e sono, até complexas, como o início da puberdade e o controle do sistema reprodutivo.

Segundo a Sociedade Endócrina, saber o que causa alterações nos níveis hormonais pode ajudá-la a controlar sua saúde. De fato, apenas pequenos desequilíbrios em seus hormônios podem causar sintomas que mudam a vida.

Por exemplo, suas glândulas supra-renais produzem cortisol que está intimamente ligado à sua resposta ao estresse. No entanto, altos níveis de cortisol podem afetar o desejo sexual de uma mulher e o ciclo menstrual. O cortisol também pode ser um fator por trás dos altos níveis de ansiedade e depressão.

Seus ovários secretam hormônios como estrogênio, progesterona e testosterona, que são hormônios sexuais que controlam o ciclo menstrual, a fertilidade e o desejo sexual. No entanto, de acordo com a Universidade de Rochester, o estrogênio também está ligado à função cognitiva, à saúde da mama e ao seu sistema cardiovascular.

Outros hormônios controlam outras funções necessárias no corpo. Por exemplo, a leptina influencia o peso e a gordura corporal, a melatonina nos ajuda a ter uma boa noite de sono e a tiroxina ajuda a regular os batimentos cardíacos e a controlar o metabolismo.

O Que Causa Desequilíbrio Hormonal?

Seus hormônios precisam trabalhar juntos em equilíbrio para ajudar seu corpo a prosperar. No entanto, altos e baixos de hormônios nas mulheres são muito comuns; portanto, se você sentir um desequilíbrio hormonal, não estará sozinha.

Médicos do WebMD dizem que algumas das causas mais comuns de um desequilíbrio na produção de hormônios nas mulheres são a síndrome pré-menstrual, a gravidez e a menopausa. No entanto, outros fatores do estilo de vida podem causar a flutuação dos hormônios. Estar acima do peso, não fazer exercícios suficientes ou falta de sono podem desequilibrar seus hormônios.

Outras razões para as flutuações hormonais são uma tireóide hipoativa que não produz tiroxina suficiente (T4). Médicos da Clínica Mayo afirmam que o hipotireoidismo (tireóide hipoativo) pode fazer com que você se sinta letárgica, causar alterações no sistema menstrual ou dificultar a perda de peso.

Além disso, o diabetes é uma causa comum de desequilíbrios hormonais e pode afetar, não apenas o hormônio insulina, mas também outros hormônios relacionados ao açúcar no sangue, hormônios sexuais e hormônios de crescimento.

Sinais Comuns De Desequilíbrio Hormonal

Conhecer os sinais de um desequilíbrio hormonal nas mulheres pode ajudá-la a lidar com a causa subjacente e ajudar a equilibrar seus hormônios novamente. Às vezes, tudo que você precisa é fazer algumas mudanças no estilo de vida para ajudar seu corpo a produzir hormônios suficientes. Outras vezes, você pode usar alguns remédios naturais para ajudar a gerenciar os sintomas de um desequilíbrio hormonal.

1. Distúrbios do Sono

Um aumento acentuado do hormônio progesterona antes da menstruação pode dificultar o sono. A Dra. Traci Johnson, do WebMD, diz que a progesterona ajuda nos padrões de sono e pode tornar mais difícil adormecer e permanecer adormecida.

Além disso, a Academia de Medicina Psicossomática informou que o estrogênio e a progesterona caem acentuadamente após o parto. Esse pode ser um fator pelo qual muitas mulheres têm dificuldade em dormir após o parto e baixos níveis desses hormônios estão associados à depressão pós-natal.

2. Mudanças de Humor, Ansiedade e Depressão

Um desequilíbrio hormonal pode causar alterações de humor e aumento da ansiedade antes do período menstrual ou durante a menopausa.

Os níveis de estrogênio flutuam constantemente durante o ciclo reprodutivo. Pesquisadores de Harvard descobriram que mulheres com baixos níveis de estrogênio são mais propensas a sentir os efeitos do estresse emocional. Eles descobriram que em ensaios clínicos, níveis mais altos de estrogênio ajudaram a acalmar a "resposta ao medo", ajudando você a ter menos medo.

Outros estudos descobriram que flutuações no hormônio cortisol e hormônios produzidos pelas glândulas pituitária, hipotalâmica e gonadal podem causar sintomas depressivos. Os pesquisadores descobriram que baixos níveis do hormônio cortisol foram encontrados em mulheres com fibromialgia e sintomas de depressão.

Se você sofre de alterações de humor e ansiedade durante a menopausa, pode encontrar alguns conselhos úteis no meu artigo sobre 10 ervas e suplementos para a menopausa. Se a depressão e a ansiedade resultam de desequilíbrios hormonais, você pode ajudar a aliviar esses sintomas naturalmente, tentando alguns tratamentos naturais para a depressão depois de consultar o seu médico.

3. Acne Persistente

Os surtos regulares de acne estão associados a desequilíbrios hormonais e podem ser a razão pela qual você tem espinhas antes do período menstrual.

Embora a causa da acne seja poros da pele entupidos que são infectados por bactérias, os médicos da Clínica Mayo dizem que as alterações hormonais podem desencadear a acne e piorá-la. Eles dizem que baixos níveis de hormônios andrógenos podem exacerbar os sintomas da acne.

Existem muitas maneiras de se livrar da acne naturalmente, sem efeitos colaterais prejudiciais. Por exemplo, o óleo da árvore do chá é um ótimo ingrediente antibacteriano que pode ser usado em muitas terapias naturais da acne.

4. Gordura Abdominal e Ganho de Peso Persistente

Como os hormônios estão conectados ao seu peso, os desequilíbrios nos níveis hormonais podem dificultar a perda de peso.

A Dra. Natasha Turner, no “Doctor Oz Show”, disse que qualquer desequilíbrio hormonal dificultará a perda de peso. Por exemplo, altos níveis de estrogênio, cortisol e insulina, juntamente com baixos níveis de testosterona e DHEA, podem causar excesso de gordura na barriga.

De fato, pesquisadores de Harvard dizem que o excesso de gordura abdominal também pode atrapalhar ainda mais seus hormônios. Eles descobriram que o excesso de gordura ao redor da barriga também pode produzir hormônios que podem afetar sua saúde.

O European Thyroid Journal também informou que os hormônios tireoidianos baixos retardam o metabolismo e podem levar ao ganho de peso.

Existem muitas maneiras de perder gordura da barriga naturalmente. Por exemplo, certos alimentos podem ajudar a perder alguns centímetros da cintura, enquanto outros devem ser evitados.

5. Perda de Massa Muscular

Os hormônios do crescimento ajudam a construir massa muscular e a falta de certos hormônios pode dificultar a manutenção dos músculos fortes.

O British Journal of Pharmacology informou que a glândula pituitária produz hormônios do crescimento que estimulam o crescimento do tecido. Esses hormônios interagem com a insulina e afetam diretamente a massa muscular.

Mas você sabia que pode comer tomates e maçãs verdes para impedir a perda de massa muscular? A pesquisa descobriu que maçãs e tomates verdes contêm compostos que podem ajudar a reverter a fraqueza e atrofia musculares relacionadas à idade. Para obter mais informações sobre como esses alimentos podem ajudar a restaurar a massa muscular, leia meu artigo sobre como manter os músculos fortes naturalmente.

6. Sudorese

A sudorese excessiva e irregular também pode ser um sinal de desequilíbrio hormonal. Os hormônios controlam a temperatura do seu corpo e, se seus hormônios estiverem desequilibrados, podem fazer você suar mais.

Pesquisadores da Harvard Medical School descobriram que a transpiração pode ser um sintoma de uma condição hormonal. No entanto, isso geralmente é inofensivo e o único problema que pode causar é desconforto ou vergonha se você suar excessivamente.

7. Névoa da Memória

Se você descobriu que continua esquecendo onde coloca as coisas, pode ser por causa de flutuações hormonais. A queda nos níveis hormonais quando uma mulher atinge a menopausa pode causar neblina na memória e até confusão. Além disso, os hormônios do estresse podem afetar a função do cérebro e causar algum comprometimento da memória.

O site WebMD relatou estudos realizados sobre os efeitos do baixo estrogênio em mulheres na menopausa. Eles descobriram que uma queda nos níveis de estrogênio pode causar esquecimento, redução da clareza de espírito e incapacidade de concentração.

Pesquisadores da Universidade de Iowa também descobriram que altos níveis de cortisol quando temos estresse podem afetar sua memória de curto prazo.

Para descobrir o que fazer com os altos níveis do hormônio do estresse cortisol, leia meu artigo sobre como diminuir naturalmente os níveis de cortisol.

8. Dores de Fome

Sentir dores frequentes de fome também é um sinal de que seus hormônios estão aumentando e diminuindo. Seu corpo secreta vários hormônios que controlam o apetite e a fome. Qualquer desequilíbrio nesses hormônios causará desejos de comida e pode levar você a ganhar peso em excesso.

Médicos do WebMD descobriram que dois hormônios - leptina e grelina - precisam estar em equilíbrio para controlar a fome. Por exemplo, a leptina diminui o apetite quando você faz uma refeição. No entanto, a grelina aumenta o apetite e pode causar fome, mesmo que você tenha acabado de comer.

Outro fator que pode causar desequilíbrio hormonal que causa dores de fome é a falta de sono; portanto, dormir o suficiente é importante para sua saúde geral e para ajudar a prevenir a obesidade.

9. Problemas Digestivos

O estresse pode ter um impacto prejudicial à sua saúde geral, porque estimula a produção de certos hormônios em seu corpo. Talvez você às vezes tenha sentido que seu estômago começa a girar ou "revirar" em situações estressantes? Esse sentimento de intestino está conectado aos seus hormônios.

A Universidade A&M do Texas descobriu que um desequilíbrio de estrogênio e alguns hormônios esteróides afetam a microflora no intestino quando uma pessoa está sob estresse. Os pesquisadores descobriram que bactérias saudáveis ​​no intestino e uma dieta saudável ajudaram a reduzir a resposta do estresse no intestino.

Outros pesquisadores descobriram que níveis mais altos de hormônios produzidos pelos ovários também podem ser a razão da cãibra nas dores abdominais antes do período menstrual, bem como inchaço e alterações nos padrões intestinais. Foi relatado que a dor nas cólicas, em particular, era mais intensa em mulheres com síndrome do intestino irritável (SII).

10. Fadiga Constante

Todos nós podemos nos cansar de vez em quando, mas se você sentir que está constantemente cansada, poderá ter um desequilíbrio do hormônio da tireóide tiroxina. No entanto, outras alterações nos níveis hormonais causadas pela falta de sono, estresse ou ciclo menstrual também podem causar fadiga crônica.

A Universidade de Maryland relatou que a produção hormonal pode desempenhar um papel no desenvolvimento da síndrome da fadiga crônica. Outros estudos mostraram que o hipotireoidismo pode causar cansaço, ganho de peso e fraqueza muscular.

11. Dores de Cabeça e Enxaqueca

As flutuações hormonais em torno do ciclo menstrual podem causar dores de cabeça ou até enxaquecas. Existem muitos fatores, como estresse e cansaço, que podem causar dor de cabeça. No entanto, as alterações hormonais podem ser um fator importante de dor de cabeça em muitas mulheres.

Médicos da Clínica Mayo relataram que dores de cabeça hormonais podem ser aliviadas quando os níveis de estrogênio são estáveis ​​e equilibrados no corpo. Parece que o estrogênio aumenta as substâncias químicas causadoras de dor de cabeça no cérebro durante o período menstrual.

Se você sofre de dores de cabeça e enxaqueca, existem muitos remédios úteis para usar em casa para aliviar a dor de cabeça. Além disso, você pode experimentar alguns óleos essenciais para enxaqueca, como óleo de lavanda, óleo de hortelã-pimenta ou óleo essencial de camomila.

12. Ondas de Calor e Suores Noturnos

Um sinal de desequilíbrio hormonal é passar por ondas de calor e suores noturnos. Ondas de calor são comumente associadas à menopausa.

Segundo a revista Obstetrics & Gynecology, as ondas de calor são um dos motivos mais comuns para as mulheres visitarem seu médico durante a menopausa. Isso ocorre porque as ondas de calor podem afetar a qualidade do sono, causar depressão e resultar em uma diminuição da qualidade de vida.

A Dra. Louise Newson, do Patient.info, diz que um desequilíbrio de estrogênio pode causar uma intensa sensação de rubor e calor no rosto, pescoço e peito. Isso deixa muitas mulheres autoconscientes, porque é difícil ignorar o suor causado pelos rubores.

Se você sente que está "vivendo nos trópicos" durante a menopausa, tente alguns dos meus remédios naturais para ondas de calor. Lá, você pode descobrir como remédios como linhaça, trevo vermelho e óleo de prímula podem lhe dar um alívio bem-vindo dos sintomas da menopausa.

13. Secura Vaginal

Outro sintoma do desequilíbrio do hormônio estrogênio são as alterações na parede vaginal que causam secura. Isso pode tornar o sexo desconfortável e causar prurido, desconforto e dor.

A Dra. Gloria Blackman, do Update.com, explica que o estrogênio é necessário para manter a vagina úmida e manter a espessura do revestimento da vagina. Algumas das causas de uma queda no estrogênio que resulta em secura na vagina são a menopausa, o nascimento de um bebê ou a remoção dos ovários.

Alguns tratamentos caseiros naturais para a secura vaginal incluem o uso de supositórios de vitamina E como lubrificante ou o óleo de coco e azeite de oliva para hidratar a vagina.

14. Alterações da Mama

Se você tem um desequilíbrio hormonal, há um risco maior de ter seios irregulares que podem parecer sensíveis e doloridos ao toque. Os nódulos causados ​​por flutuações hormonais são geralmente cistos ou miomas e são inofensivos. No entanto, você deve sempre ter um nódulo na mama verificado por um médico para descartar a possibilidade de câncer de mama.

Muitas vezes, as mulheres desenvolvem seios maiores durante a menopausa ou podem ceder mais. Isso ocorre porque a queda nos níveis hormonais faz com que o tecido mamário se torne menos denso e gordo.

O Instituto Nacional do Câncer diz que as alterações mamárias nas mulheres são muito comuns e geralmente não são cancerígenas. Essas alterações ocorrem devido a alterações hormonais ou ao envelhecimento e você pode notar que os caroços entram e saem com o seu ciclo menstrual.

15. Baixo Desejo Sexual

Como seus ovários produzem hormônios sexuais, qualquer desequilíbrio nos níveis hormonais pode afetar seu desejo sexual. O estrogênio está associado ao aumento do desejo sexual e da progesterona com um desejo reduzido de intimidade sexual.

Pesquisadores descobriram que as flutuações menstruais no estrogênio e na progesterona afetam bastante a libido. Quando os níveis de progesterona aumentavam no corpo antes do período menstrual, o desejo sexual diminuía.

Se você sentir que seu desejo sexual precisa de um impulso, tente o epimedium um remédio natural para melhorar a libido.

Se você suspeitar que possui condições de saúde relacionadas a um desequilíbrio hormonal, consulte um médico ou especialistas treinados, como obstetras, ginecologistas e endocrinologistas, especializados no diagnóstico e tratamento do desequilíbrio hormonal. Eles podem diagnosticar e tratar várias condições relacionadas ao hormônio e ajudar a equilibrar os hormônios.

Postar Comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem