11 Benefícios do Zinco à Saúde

O zinco contém incríveis benefícios à saúde. Alguns desses benefícios para a saúde incluem a promoção de uma pele saudável, eliminar os distúrbios da próstata, promover a saúde mental, melhorar a visão, tratar o resfriado comum e promover a perda de peso. Outros benefícios incluem a regulação da taxa metabólica do corpo, ajudar a reparar e garantir o crescimento celular, prevenção do câncer, alívio da fadiga e tratamento da cegueira noturna.

Nosso corpo requer alguns oligoelementos para funcionar de maneira ideal e nos ajudar a evitar possíveis ameaças e complicações à saúde. O zinco tem um papel mais amplo na manutenção das funções saudáveis ​​do corpo do que a maioria dos outros elementos. Este artigo tem como objetivo destacar como o zinco é essencial para o bem estar do corpo humano.

11 Benefícios do Zinco à Saúde

O Que é Zinco?

O zinco foi usado pelos gregos e romanos durante séculos antes de ser considerado um metal por si só. Recebeu o status oficial de metal na Índia durante 1100 a 1500. Uma empresa chinesa começou a refinar zinco em 1500 e um navio que transportava zinco chinês da Índia afundou por volta de 1700.

Não se sabe quem descobriu o metal. A maioria dos europeus acredita que ele foi descoberto por um químico alemão chamado Andreas Marggraf por volta de 1746, embora o resto do mundo atribua a descoberta do zinco ao metalúrgico flamengo; P. Mores em 1668.

A deficiência humana de zinco foi determinada em 1963.

Fontes Alimentares de Zinco

Uma dieta saudável com alimentos integrais fornecerá os oligoelementos que seu corpo precisa reabastecer regularmente. O zinco não é exceção, embora o corpo não seja capaz de armazená-lo em grandes quantidades, seus usos são abundantes. Aqui está uma lista de alimentos ricos em zinco

  • Ostras
  • Carne Assada
  • Costeletas de porco
  • Caranguejo
  • Empada de carne
  • Lagosta
  • Cereais matinais (fortificados com zinco)
  • Feijão cozido
  • Frango e carne escura
  • Cajus (torrado a seco)
  • Iogurte
  • Grão de bico cozido
  • Queijo
  • Aveia
  • Amêndoas (torradas a seco)
  • Linguado
  • Ervilhas
  • Leite
  • Ovos

Muitos alimentos processados ​​são fortificados com zinco, mas é preferível seguir a rota dos alimentos integrais para promover a saúde geral.

Sintomas de Deficiência de Zinco

Como o corpo humano precisa de minerais para realizar todas as suas funções, uma deficiência do mineral pode levar a diversos distúrbios de saúde. Aqui estão alguns dos sintomas que podem ocorrer devido à deficiência de zinco.

O problema pode acarretar perda de apetite, retardo do crescimento, comprometimento da imunidade e dores nas articulações. Em casos graves, isso pode levar à queda de cabelo, diarreia, impotência, hipogonadismo em homens, lesões oculares e cutâneas. Isso também pode levar à perda excessiva de peso, anormalidades do paladar e também prejudicar a saúde mental. Embora esses sintomas sejam resultado da deficiência de zinco, um exame de sangue pode ser útil para determinar a causa exata.

Dose Diária Recomendada

  • 0-6 meses 2mg
  • 7-12 meses 3mg
  • 1-3 anos 3mg
  • 4-8 anos 5mg
  • 9-13 anos 8mg
  • 14-18 anos 11mg para homens e 9mg para mulheres
  • 19+ anos 11mg para homens e 8mg para mulheres

Mulheres grávidas podem exigir uma dose de 12 mg todos os dias.

11 Incríveis Benefícios do Zinco Para a Saúde

Os sintomas discutidos anteriormente mostram a importância da adequação do zinco em sua dieta diária. Diante disso, aqui estão 11 razões pelas quais o zinco precisa fazer parte de sua dieta:

1. Pele Saudável

Ele desempenha um papel vital na regulação dos níveis de testosterona no corpo, que estão relacionados à acne e outras imperfeições da pele. O zinco aumenta os níveis de testosterona nos homens, mantendo a pele jovem por um longo período de tempo. A acne também pode ser o resultado de bactérias e poros inflamados; o zinco aumenta a contagem de leucócitos e previne infecções bacterianas.

2. Elimina o distúrbio da próstata

O distúrbio da próstata e o inchaço da próstata podem levar ao câncer de próstata. Pessoas que sofrem deste distúrbio podem introduzir uma ingestão diária de 15 mg de zinco em suas dietas, após consulta com seu médico. O zinco pode ajudar a curar eficazmente qualquer distúrbio da próstata.

3. Saúde Mental

Ele atua como um facilitador com a vitamina B6 para reviver a saúde do cérebro. As dietas ricas em zinco mantêm a função cognitiva intacta, mesmo na velhice. O hipocampo, a parte do cérebro associada à memória, contém altas concentrações desse mineral. O zinco mantém a função cerebral intacta, mesmo que tenha sofrido lesões. Isso pode representar uma medida preventiva para doenças como o Alzheimer.

4. Cura os sentidos

À medida que o corpo envelhece, ele reage de maneira diferente, alguns podem sentir seus sentidos se aguçando, enquanto outras pessoas começam a realmente sentir os efeitos da velhice. No entanto, ajuda a manter os sentidos aguçados, especialmente o paladar e o olfato. As células olfativas e as papilas gustativas dependem do zinco. A ingestão regular de zinco pode ajudar a melhorar a regeneração celular e aguçar seus sentidos.

5. Trata o resfriado comum

As citocinas pró-inflamatórias podem agravar o corpo durante crises de resfriado; é um dos minerais mais eficazes na redução do número dessas citocinas. A capacidade do zinco de aumentar a produção de glóbulos brancos pode ser muito útil quando o corpo está passando por infecções e vírus, como gripe ou resfriado.

6. Perda de peso

O zinco pode manipular o hormônio grelina, que é o que lhe dá aquela sensação de fome à meia-noite, mesmo que você tenha feito uma refeição completa. Ele atua como um supressor do apetite e pode ajudá-lo a perder algum peso.

7. Síntese de Proteínas

A síntese de proteínas é necessária para que o corpo mantenha uma taxa metabólica saudável e também ajuda a promover a regeneração celular. O zinco atua como um estimulador da síntese de proteínas e funções enzimáticas, o que mantém o corpo funcionando adequadamente.

8. Crescimento Celular

O zinco é uma parte essencial das funções enzimáticas que realizam a regeneração celular e o crescimento celular. Isso ajuda a reparar seu D.N.A e também desempenha um papel vital em manter seu metabolismo rápido e saudável - permitindo que seu corpo converta carboidratos em energia com eficiência.

9. Prevenção do câncer

A capacidade do zinco de manter as células protegidas e repará-las é muito útil na prevenção do aparecimento do câncer. O câncer danifica o DNA, por isso é importante incorporar uma dieta rica em zinco para que o paciente possa combater a degradação celular.

10. Alivia a fadiga

O zinco pode ajudar o corpo a produzir mais energia, pois facilita a função metabólica. Para as mulheres que tomam suplementos de zinco durante a TPM pode reduzir muito a fadiga e manter altos os níveis de energia. O óleo de peixe é um suplemento recomendado pela maioria dos médicos para combater a fadiga; o óleo de peixe também é rico em zinco, o que o torna tão eficaz.

11. Tratamento para cegueira noturna

O zinco também atua como um preservador de seus órgãos vitais. Aumentar a ingestão de zinco pode ser muito útil para melhorar a visão, e estudos mostraram que o zinco reduz muito as chances de cegueira noturna. Adicionar cerca de 150 mg a 450 mg é recomendado para pessoas que sofrem de perda de visão. O zinco funciona com a vitamina A presente na maioria dos alimentos nos quais o zinco é abundante. Essa combinação é infalível para olhos saudáveis.

Conclusão

Em suma, com todos esses benefícios, ainda é altamente recomendável que você consulte seu médico antes de adicionar qualquer suplemento mineral à sua dieta. Os metais traço não são necessários ao corpo em abundância, nem o corpo pode armazená-los. Determine a quantidade necessária para o seu corpo e siga os conselhos do seu médico sobre o aumento da ingestão.

0 Comentários