logo

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Sintomas da Menopausa: Suores noturnos

Sintomas da Menopausa: Suores noturnos

Enquanto os suores noturnos podem ser desconfortáveis ​​e perturbadores, eles geralmente não indicam uma condição subjacente mais grave. Na verdade, os suores noturnos são um dos sintomas de menopausa mais comuns, com até 75% das mulheres que as experimentam em algum ponto durante a menopausa.

Quando uma mulher se aproxima da menopausa, ela pode ter muitas perguntas sobre os sintomas potenciais, incluindo suores noturnos. Compreender o que esperar, por que esses sintomas ocorrem e como gerenciá-los pode ajudar uma mulher a se preparar melhor para esse período de transição. Continue lendo para saber mais sobre suores noturnos.

Sobre os Suores Noturnos

Sintomas da Menopausa: Suores noturnos
Os suores noturnos, medicamente denominadas "hiperidrose do sono", são episódios de transpiração noturna, variando de suor leve a profusa. Os suores noturnos são semelhantes as ondas de calor que podem afetar mulheres na menopausa durante as horas de vigília.

Muitas vezes, os suores noturnos podem ser tão intensos que interrompem o sono de uma mulher, o que pode afetar muitos aspectos de sua vida diária. Os sintomas comuns de suores noturnos incluem calor repentino e intenso, batimentos cardíacos irregulares, náuseas, rubor, calafrios e dores de cabeça.

As mulheres com suores noturnos relacionados à menopausa podem experimentar desde sintomas leves a graves, com duração variável, durante o horário habitual de sono.

Quem é afetada?

Muitas mulheres em seus 40s e 50s desenvolvem suores noturnos, muitas vezes começando antes da cessação do ciclo menstrual. Um estudo descobriu que aproximadamente 19% das mulheres com idade entre 40 e 55 anos que ainda tinham períodos regulares experimentaram suores noturnos. A maioria das mulheres começa a desenvolver sintomas de dois a dez anos antes da menopausa, durante o período de tempo chamado perimenopausa.

Muitos fatores diferentes contribuem para a forma como as mulheres experimentam sintomas da menopausa. Idade, raça e outros fatores podem influenciar a probabilidade de uma mulher desenvolver suores noturnos durante a menopausa.

Suores noturnos e o sono

Os sintomas de suores noturnos podem prejudicar drasticamente os padrões do sono, dificultando a boa noite de descanso. Por isso, as mulheres que sofrem de suores noturnos muitas vezes experimentam:
  • Insônia
  • Distúrbios do sono
  • Problema de concentração
  • Exaustão
  • Irritabilidade
  • Altos níveis de estresse

Idade

A idade pode afetar a experiência de suores noturnos de uma mulher. Um grande estudo descobriu que as mulheres mais jovens são muito mais propensas a sofrer suores noturnos. Outro encontrou que apenas 10% dos pacientes com mais de 64 anos apresentavam suores noturnos.

Raça

Estudos descobriram que a prevalência de suores noturnos varia de acordo com a raça. Um estudo descobriu que três em cada quatro mulheres caucasianas experimentam suores noturnos. Outro descobriu que as mulheres afro-americanas eram mais propensas a ter suores noturnos do que mulheres caucasianas ou hispânicas. As mulheres asiáticas eram menos propensas a reportar suores noturnos.

Causas dos suores noturnos

Muitas mulheres que experimentam suores noturnos querem conhecer a razão por trás de seus sintomas. Embora a causa exata dos suores noturnos seja desconhecida, as flutuações hormonais são um dos principais fatores na maioria dos sintomas da menopausa.

Causas hormonais

Durante a menopausa, os níveis de produção de estrogênio diminuem drasticamente. Esta alteração afeta o hipotálamo, a parte do cérebro responsável pela temperatura corporal reguladora. Como resultado, o hipotálamo muitas vezes leva a uma série de reações fisiológicas resultando em ondas de calor ou suores noturnos.

Outras causas

Enquanto o desequilíbrio hormonal é a causa mais comum de suores noturnos da menopausa, também existem causas médicas raras, como diabetes, ansiedade, condições neurológicas, apneia do sono, câncer e distúrbios da tireóidea.

Disparadores do suor noturno

Certos fatores podem aumentar a duração e gravidade dos suores noturnos. Evitar esses disparadores pode ajudar a aliviar tanto as ondas de calor como suores noturnos.

Disparadores ambientais

  • Excesso de cama
  • Proximidade do parceiro
  • Quartos quentes
  • Tempo quente
  • Saunas, banheiras, chuveiros quentes

Disparadores emocionais

  • Estresse
  • Ansiedade
  • Sonhos perturbadores

Disparadores comportamentais

  • Alimentos quentes ou picantes
  • Álcool ou cafeína
  • Pílulas dietéticas
  • Uso de drogas

Tratamentos dos Suores noturnos

O tratamento de suores noturnos geralmente começa com mudanças de estilo de vida. Esta abordagem geralmente envolve evitar os disparadores de suores noturnos e tomar medidas para aliviar o estresse e melhorar a dieta e o exercício. O triptofano, por exemplo, é um aminoácido que ajuda a ajudar a dormir e pode ser encontrado em produtos lácteos, nozes e ovos. Ao incorporar mais triptofano em sua dieta, você pode melhorar sua qualidade geral de sono.

Embora essas mudanças de estilo de vida possam ajudar a aliviar o suor noturno e melhorar os padrões de sono, eles não tratam a causa raiz dos suores noturnos, que é desequilíbrio hormonal.
Felizmente, os tratamentos da medicina alternativa podem corrigir de forma segura e eficaz os desequilíbrios hormonais com pouco ou nenhum risco. Na verdade, muitos especialistas recomendam combinar mudanças de estilo de vida e medicina alternativa para o gerenciamento de sintomas.

Para algumas mulheres, no entanto, essas mudanças não são suficientes para aliviar seus sintomas. Nesses casos, elas podem considerar medicamentos prescritos ou outros métodos clínicos. Antes de iniciar esses tratamentos, no entanto, recomenda-se que as mulheres consultem um profissional médico confiável para entender melhor os potenciais benefícios e riscos desses medicamentos prescritos.

A maioria dos especialistas recomenda que as mulheres comecem com mudanças de estilo de vida e medicamentos alternativos antes de tentar medicamentos prescritos, a fim de aliviar os suores noturnos. As melhores opções de tratamento, no entanto, variam de mulher para mulher.

Fontes:
  • Boston Women's Health Collective. (2006). Hot Flashes, Night Sweats and Sleep Disturbances. Our Bodies, Ourselves.
  • National Health Service UK. (2014). Menopause: five self-help tips. Retrieved April 7, 2016, from http://www.nhs.uk/Livewell/menopause/Pages/Menopauseselfhelp.aspx
  • National Institute on Aging. (2015). Signs of the Menopausal Transition. Retrieved April 7, 2016, from https://www.nia.nih.gov/health/publication/menopause-time-change/signs-menopausal-transition

Disclaimer: Imagens, artigos ou vídeos que existem na web, às vezes, vêm de várias fontes de outras mídias. Os direitos autorais são totalmente de propriedade da fonte. Se houver um problema relacionado a este assunto, você pode entrar em contato