Melhores Opções de Tratamento Natural Para Neuropatia Periférica

A neuropatia periférica afeta quase 20 milhões de brasileiros e ainda assim a condição permaneceu difícil de diagnosticar e tratar. O tratamento natural para a neuropatia periférica pode ser a solução para você.

A neuropatia periférica afeta quase 20 milhões de brasileiros e ainda assim a condição permaneceu difícil de diagnosticar e tratar.

Embora especialistas médicos digam que a maioria dos casos de neuropatia periférica não pode ser curada, existem tratamentos que podem reduzir significativamente os sintomas. Na verdade, os remédios naturais para os sintomas da neuropatia estão se tornando cada vez mais populares.
Melhores Opções de Tratamento Natural Para Neuropatia Periférica
Os nervos periféricos levam sinais de e para o cérebro e a medula espinhal para o resto do corpo. Este sistema de comunicação é surpreendentemente complexo. Apenas para mover um músculo, por exemplo, seu cérebro envia um sinal para sua medula espinhal. Quando o sinal atinge a medula espinhal, ele é captado por um neurônio motor. O neurônio então envia o sinal ao longo de um axônio. O axônio termina onde o músculo começa e o sinal para flexionar é finalmente recebido.

Alguns desses nervos motores e sensoriais podem ser danificados por doenças, lesões, deficiências nutricionais ou toxinas. Quando isso acontece, a neuropatia periférica é o resultado.

Com efeito, seus nervos não estão funcionando corretamente e os sinais não estão sendo enviados. Você pode se sentir fraco e descoordenado. A condição geralmente causa formigamento ou dormência nos nervos, o que pode ser acompanhado por episódios dolorosos.

Como a neuropatia periférica pode abranger o comprimento e a largura do corpo, muitas vezes é diagnosticada erroneamente e tratada como um sintoma de outra condição de saúde. Trinta por cento de todos os casos de neuropatia periférica são causados ​​por níveis elevados de açúcar no sangue associados ao diabetes.

O tratamento natural para a neuropatia periférica pode ser a solução para você.

Tratamentos Alternativos Para Neuropatia Periférica

A causa subjacente ditará frequentemente o tratamento natural da neuropatia periférica apropriada.

Existem muitos remédios naturais para a neuropatia. Quando a diabetes é a causa, por exemplo, é importante conter o açúcar no sangue. O tratamento também pode ser recomendado para ajudar a controlar a dor e outros sintomas da neuropatia periférica.

Nesta seção, destacamos seis tratamentos alternativos específicos para a condição.

1. Acupuntura

Um desses tratamento alternativo é a acupuntura. Quando as agulhas de acupuntura são inseridas nos pontos de pressão do corpo, isso estimula o sistema nervoso. Como resultado, as endorfinas são liberadas na coluna, nos músculos e no cérebro, e isso ajuda a aliviar os sintomas da dor e a regular o fluxo do qi - também chamado energia vital.

A acupuntura também estimula o fluxo sanguíneo, que restaura os danos aos nervos. Há algumas pesquisas demonstrando a eficácia da acupuntura para neuropatia periférica.

Em um ensaio clínico realizado em 2012, pesquisadores do Centro HanseMerkur de Medicina Tradicional Chinesa em Hamburgo, Alemanha, testaram a acupuntura em seis pacientes com neuropatia periférica induzida por quimioterapia (NPIQ).

Esta forma de neuropatia muitas vezes faz com que pacientes com câncer rejeitem a quimioterapia porque as alterações neurológicas resultantes e os sintomas de dor são muito graves. No entanto, parar a quimioterapia pode colocar em risco a vida dos pacientes.

Os pesquisadores atribuíram os seis pacientes a serem submetidos a 10 semanas de tratamento com acupuntura, juntamente com seus cuidados médicos regulares. Outros cinco pacientes agiram como controle e receberam apenas os cuidados médicos habituais. Em todos, exceto um dos seis pacientes, os sintomas da neuropatia melhoraram. No grupo controle, apenas um paciente apresentou melhora.

Outro estudo publicado no European Journal of Neuropathy em 2007 descobriu que a acupuntura melhorou melhor os sintomas de pacientes neuropáticos quando comparados aos cuidados médicos tradicionais.

Pesquisadores examinaram 47 pacientes com neuropatia periférica de causa desconhecida.
Dos 21 pacientes que receberam tratamento com acupuntura, apenas três não apresentaram alteração. Ao mesmo tempo, sete dos 26 pacientes que receberam atendimento médico convencional não mostraram benefício do tratamento.

Uma revisão sistemática de 25 ensaios clínicos randomizados publicados na revista PLOS One em 2013 sugeriu que a acupuntura também é um tratamento eficaz para a neuropatia periférica diabética.

Quando se trata de acupuntura, há muito pouco risco. Alguns efeitos colaterais podem incluir dor ou desconforto menores que desaparecem por conta própria. É uma boa ideia selecionar um acupunturista qualificado recomendado por um amigo que já tenha experimentado a acupuntura.

2. Estimulação Elétrica

A eletro-acupuntura é um tipo de acupuntura que irá adicionar estimulação elétrica às agulhas. As agulhas são anexadas a um dispositivo que gera frequentes pulsos elétricos com pequenos clipes. Uma técnica semelhante chamada TENS (estimulação elétrica nervosa transcutânea) usará eletrodos que são colados à pele em vez de inseridos.

Vários estudos mostraram o benefício da estimulação elétrica para a neuropatia periférica.

Em um ensaio clínico, pesquisadores da Universidade do Texas testaram se a estimulação elétrica era útil no tratamento da neuropatia. A estimulação elétrica envolve o uso de uma corrente elétrica que é aplicada diretamente aos músculos ou nervos. Ela tem sido usada para ajudar a restaurar a função física em pessoas com deficiências.

No entanto, este tratamento em particular era único, pois combinava a respiração voluntária com a estimulação elétrica. A ideia é que a corrente elétrica chegue ao local de tratamento, assim como a respiração atinge seu máximo. Acredita-se que combinar os dois aumenta os benefícios da estimulação elétrica. O procedimento mostrou excelentes resultados clínicos.

Outro estudo publicado na revista Pain Medicine em 2009 descobriu que a estimulação elétrica muscular é eficaz para a neuropatia em pacientes com diabetes tipo 2.

Outras pesquisas confirmam que a eletro-acupuntura é eficaz no tratamento da neuropatia periférica. Uma revisão sistemática de 11 ensaios clínicos randomizados com 837 pacientes, publicados no Journal of Traditional Chinese Medical Sciences em 2016, descobriu que a eletro-acupuntura produziu efeitos melhores do que outros tratamentos para a neuropatia periférica diabética.

É importante notar que pessoas com histórico de convulsões, epilepsia, derrames ou doenças cardíacas e pacientes com marca-passos não devem usar estimulação elétrica. Os pequenos vasos sanguíneos são estimulados pelas agulhas, e algumas reutilizações ou sangramentos podem ocorrer.

3. Exercício

O exercício é outro tratamento natural para a neuropatia periférica. O exercício regular é capaz de aumentar a circulação sanguínea em todo o corpo e, especificamente, nas pernas e braços. O aumento da circulação pode ajudar a restaurar os danos nos nervos e diminuir a dor neuropática.

Um ensaio clínico tentou determinar qual era melhor para o manejo da neuropatia periférica: exercício com peso ou exercício sem peso.

Este estudo, realizado na Escola de Medicina da Universidade de Washington, consistiu em duas intervenções. Os pacientes com neuropatia periférica diabética foram designados para realizar exercícios de fortalecimento e aeróbicos sentados ou em pé e andando (a parte com peso do estudo). O grupo portador de peso apresentou melhor desempenho em um teste de caminhada de seis minutos e um teste diário médio de degrau.

O exercício não precisa necessariamente incluir o levantamento de peso na academia. Também pode envolver caminhar, correr, nadar, fazer trabalho no quintal, praticar esportes ou praticar um exercício meditativo chamado tai chi. Você verá o maior benefício ao realizar qualquer exercício por pelo menos 30 minutos por dia.

Na pesquisa, o benefício mais comum do exercício tem sido seu efeito positivo na dor neuropática. Estudos com roedores também descobriram que o exercício aeróbico retarda a dor diabética e reduz a dor relacionada ao nervo. A pesquisa também descobriu que o exercício pode aumentar a capacidade de perceber vibrações, e o tai chi pode melhorar particularmente o equilíbrio.

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Estadual de Louisiana também descobriu que pacientes idosos neuropáticos periféricos praticando tai chi até três vezes por semana apresentaram maiores níveis de melhora do que aqueles fazendo métodos de tratamento mais tradicionais.

4. Terapia Fria

A terapia fria também é conhecida como crioterapia. Este tratamento funciona para reduzir o fluxo sanguíneo para uma área específica, e isso pode reduzir significativamente o inchaço e a inflamação que causam dor. Este tratamento também diminui temporariamente a atividade dos nervos, o que também pode aliviar a dor.

Existem várias maneiras de induzir a terapia fria, incluindo banhos de gelo, massagem com gelo, câmaras de terapia fria de corpo inteiro ou bolsas simples de gelo ou gel congelado. A terapia fria pode ser usada por curtos períodos várias vezes ao dia. Em geral, não devem ser utilizados mais de 20 minutos de terapia fria durante uma sessão, o que evitará danos à pele, nervos e tecidos.

Um estudo publicado no Journal of National Cancer Institute em 2017 descobriu que a crioterapia é útil na prevenção de sintomas de neuropatia, como dormência, dor e formigamento. Esses sintomas reduzem a qualidade de vida e, muitas vezes, reduzem a dose, atrasam o tratamento ou interrompem completamente o tratamento quimioterápico.

Para o estudo, os pacientes de quimioterapia usaram luvas e meias congeladas por períodos de 90 minutos.

5. Inalar Cannabis

A cannabis sativa - também chamada maconha - é uma planta que tem sido usada há milhares de anos para tratar várias condições de saúde, incluindo aquelas relacionadas a estresse, dor e distúrbios neurodegenerativos.

Preocupações sobre os perigos do abuso de maconha levaram à proibição de compostos de cannabis em muitos países por vários anos; no entanto, eles estão novamente sendo considerados pelo seu valor terapêutico.

Um estudo randomizado, duplo-cego publicado no The Journal of Pain em 2015 descobriu que a inalação de cannabis pode aliviar a dor da neuropatia periférica diabética, e o efeito é dependente da dose.

Para o estudo, pesquisadores da Universidade da Califórnia em San Diego avaliaram a eficácia e a tolerabilidade da cannabis inalada no tratamento da dor relacionada à neuropatia periférica diabética. Os pacientes foram expostos a um placebo ou três doses diferentes de aerossol a 1% de THC (delta-9-tetrahidrocanabinol) - o composto psicoativo mais abundante encontrado na cannabis.

6. Homeopatia

Alguns também usam remédios homeopáticos para neuropatia. A homeopatia é uma ótima medicina alternativa que proporciona alívio da dor do nervo sem efeitos colaterais perigosos. A seguir estão alguns dos tratamentos homeopáticos mais comuns:
  • Magnésio fosfórico: Este é um dos melhores remédios homeopáticos para a dor severa do nervo, e é útil quando a pressão ou aplicações quentes geralmente ajudam o paciente. A dor é quase insuportável e pode ser cortante, aguda ou pontadas.
  • Beladona: É útil para dores nos nervos nos quadris e coxas que aparecem de repente em ataques curtos, que também desaparecem rapidamente. Ruído ou toque irão piorar a dor.
  • Acônito: É usado para dor cortante ou ardente no nervo que surge da exposição repentina aos ventos frios. A pessoa também experimenta inquietação, ansiedade mental e um aumento da sede por água.
  • Hypericum: Este é um remédio chave quando dores formigamentos e ardentes nos nervos estão presentes. Às vezes, também pode haver dormência. O Hypericum também é melhor para a dor do nervo após uma lesão ou trauma. A dor do nervo também pode ser experimentada nos pés ou dedos das mãos após uma lesão causada por agulhas ou unhas.
  • Chamomilla: Este é um remédio benéfico para aqueles com dor nervosa insuportável, que é acompanhada por raiva violenta e irritabilidade.
  • Kalmia: A Kalmia é um dos melhores remédios para a dor do nervo quando a dormência está presente. É comum que a dor do nervo atinja para baixo.
Outros remédios homeopáticos para neuropatia incluem spigelia, Paris quadrifolia, Causticum, Bryonia alba, Ranunculus bulbosus, arsenicum album e muitos mais. Um homeopata profissionalmente treinado determinará o remédio certo para você.

Outros Tratamentos Naturais Para Neuropatia Periférica

O que mais você pode fazer pela neuropatia periférica? Existem vários outros tratamentos naturais e remédios para a neuropatia que detalharemos nesta seção.

1. Controle de Açúcar no Sangue

A neuropatia periférica diabética é mais comum em diabéticos que não têm o açúcar no sangue sob controle. A melhor maneira de controlar o açúcar no sangue é através da dieta com menor índice glicêmico (GI) e carga glicêmica (GL) alimentos.

Este tipo de dieta será rico em vegetais fibrosos e alimentos crus. Uma dieta de baixo IG incluirá alimentos com um índice glicêmico de 55 ou menos, enquanto uma dieta com baixo teor de GL contém alimentos com GL de 10 ou menos.

2. Evite Álcool

O consumo excessivo de álcool pode levar à neuropatia periférica. Isto pode ser devido a nervos envenenados de álcool e má nutrição. Cerca de metade das pessoas com dependência de álcool podem desenvolver danos nos nervos ao longo do tempo. O consumo contínuo de álcool pode piorar os danos aos nervos.

Aconselhamento como a terapia cognitivo-comportamental pode ajudar a conquistar o alcoolismo.

3. Deixar de Fumar

Fumar afeta a circulação sanguínea e, à medida que os vasos sanguíneos se estreitam, o sangue menos oxigenado passa. Como resultado, você pode sentir aumento da dor e dormência devido à neuropatia periférica.

Parar de fumar pode ajudar a melhorar seus sintomas. Técnicas para ajudá-lo a parar incluem hipnose, suco de limão, imagens guiadas e meditação.

4. Pimenta Caiena / Capsaicina Pomada

A capsaicina na pimenta caiena tem sido usada em cremes e pomadas para alívio da dor. Adicionar pimenta caiena à dieta ou tomar suplementos de capsaicina pode ajudar a diminuir a dor da neuropatia. Uma pomada tópica de capsaicina também pode reduzir a sensação de neuropatia.

Uma vez que a capsaicina pode irritar a pele, use pouco até que você possa tolera-la.

5. Ácido Alfa-Lipóico

O ácido alfa-lipóico (ALA) é um antioxidante encontrado para aliviar os sintomas da neuropatia periférica diabética e ajudar a regular o açúcar no sangue. Além de suplementos, você também pode encontrar ALA em carne vermelha e fígado. ALA em forma de suplemento não é recomendado para pessoas com deficiência de vitamina B1.

6. Óleo de Prímula

O óleo de prímula contém ácido linoléico (LA) e ácido gama-linolênico (GLA), que podem beneficiar pessoas com neuropatia periférica diabética. Um estudo descobriu que os pacientes que tomaram 360 miligramas (mg) de GLA por seis meses tiveram uma melhora significativa nos sintomas da neuropatia.

O óleo de prímula não é recomendado para pessoas com distúrbios de sangue ou convulsões, e deve ser tomado sob orientação do profissional de saúde.

7. Vitaminas

A deficiência de vitamina B12 pode levar a neuropatia periférica e danos nervosos significativos. No entanto, estudos mostram que pessoas com neuropatia diabética podem melhorar os sintomas como dormência, dor e sensação de formigamento ao tomar vitamina B12 para corrigir uma deficiência.
Vitaminas como a vitamina D também podem prevenir a dor do nervo, enquanto a deficiência de vitamina D pode causar dor neuropática.

Você pode suplementar cada vitamina ou pode encontrá-las em alimentos como ovos, bacalhau ou camarão.

8. Massagem

Uma massagem também pode ajudar a aliviar os sintomas da neuropatia periférica. Um estudo descobriu que a massagem terapêutica ajudou a aliviar a dor, formigamento e dormência em um paciente com neuropatia periférica devido à quimioterapia.

A massagem é considerada benéfica em pessoas com neuropatia periférica devido à sua capacidade de melhorar a circulação sanguínea.

9. Óleos Essenciais

Certos óleos essenciais são capazes de aumentar a circulação no corpo, e os óleos de camomila, lavanda e neroli estão entre eles. Estes óleos podem aliviar a dor em pessoas com neuropatia periférica, como resultado de um melhor fluxo sanguíneo.

Inale esses óleos em um difusor ou dilua algumas gotas de um desses óleos em um óleo transportador, como o óleo de jojoba, e aplique-o em sua área afetada. Isso pode diminuir as dores de formigamento e dor provocadas pela neuropatia periférica.

10. Meditação

Outro tratamento natural para a neuropatia periférica é a meditação. Pode melhorar suas habilidades de enfrentamento, reduzir o estresse e diminuir a intensidade de sua dor. Como resultado, você pode ter melhor controle sobre sua condição dolorosa.

11. Banhos Quentes

Um banho quente também pode aliviar os sintomas da neuropatia periférica. A água morna aumenta a circulação sanguínea no corpo, o que reduz os sintomas.

No entanto, certifique-se de que seu banho não esteja muito quente, especialmente se seus nervos sensoriais forem afetados e você não for sensível à temperatura.

Considerações Finais sobre o Tratamento Natural da Neuropatia Periférica

A neuropatia periférica ocorre quando os nervos do sistema nervoso são danificados ou destruídos. Embora a condição possa ser muito dolorosa, um tratamento natural de neuropatia periférica pode ser bastante útil para aliviar seus sintomas.

O tratamento natural para a neuropatia periférica inclui acupuntura, estimulação elétrica, exercícios regulares, terapia fria, inalação de cannabis e homeopatia. Outros remédios naturais para a neuropatia incluem o controle do açúcar no sangue; evitar o álcool; parar de fumar; meditação, massagem terapêutica ou banhos quentes; e suplementação com capsaicina, ácido alfa-lipóico, óleo de prímula, vitamina B12, vitamina D e óleos essenciais.

Embora esses remédios e tratamentos possam ajudar, não se esqueça de consultar seu médico ou profissional de saúde natural antes de iniciar qualquer novo tratamento para sua neuropatia periférica.

Fontes:

COMENTÁRIOS

BLOGGER
Nome

Alimentos e Nutrição,99,Bebidas,11,Beleza,1,Chás,15,Detox,10,Dietas,6,Frutas,23,Gravidez,16,Ingredientes,7,Jejum Intermitente,6,Lacticínios,1,Menopausa,10,Nutrientes,7,Óleos,10,Perda de Peso,42,Queda de Cabelo,1,Remédios Caseiros,51,Saúde e Bem Estar,190,Sucos,4,Suplementos,7,Vegetais,12,Vitaminas,9,
ltr
item
Sadestar: Melhores Opções de Tratamento Natural Para Neuropatia Periférica
Melhores Opções de Tratamento Natural Para Neuropatia Periférica
A neuropatia periférica afeta quase 20 milhões de brasileiros e ainda assim a condição permaneceu difícil de diagnosticar e tratar. O tratamento natural para a neuropatia periférica pode ser a solução para você.
https://3.bp.blogspot.com/-SbXZSZcFfBs/W3Vse1GMmMI/AAAAAAAAmY0/y_VgkN6ymY8qTVROoTuK3DJGHZUlhP5DQCLcBGAs/s1600/Neuropatia-Perif%25C3%25A9rica.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-SbXZSZcFfBs/W3Vse1GMmMI/AAAAAAAAmY0/y_VgkN6ymY8qTVROoTuK3DJGHZUlhP5DQCLcBGAs/s72-c/Neuropatia-Perif%25C3%25A9rica.jpg
Sadestar
https://www.sadestar.com.br/2018/08/tratamento-natural-neuropatia-periferica.html
https://www.sadestar.com.br/
https://www.sadestar.com.br/
https://www.sadestar.com.br/2018/08/tratamento-natural-neuropatia-periferica.html
true
3201652601844859824
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VIEW ALL Continue lendo Reply Cancel reply Delete By Home PÁGINAS ARTIGOS Veja Todos RECOMENDADO LABEL ARQUIVO PESQUISAR TODOS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share. STEP 2: Click the link you shared to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy