Maçãs são algumas das frutas mais populares e deliciosas do planeta. Não há nada como morder uma maçã brilhante, vermelha, doce e suculenta para saciar sua sede e satisfazer seu gosto por doces e, ao mesmo tempo, melhorar sua saúde. Existem mais de 7.500 variedades dessas deliciosas frutas e elas vêm em uma variedade de cores, vermelha, amarela e verde.

Além de deliciosas, os benefícios das maçãs para a saúde incluem a prevenção de distúrbios cardíacos e gastrointestinais, constipação, anemia e diabetes. Elas também podem ajudar a aliviar os sintomas de reumatismo, uma variedade de cânceres, gota e doenças de Alzheimer e Parkinson. A maçã ajuda a reduzir a fraqueza, proporcionando alívio da disenteria e promovendo a digestão. Finalmente, elas são conhecidas por ajudar nos cuidados dentários e de cuidados com a pele.

11 Benefícios da Maçã Para a Saúde

O Que São Maçãs?

Maçãs (Malus domestica) são frutos polpudos produzidos por macieira que pertence à família Rosaceae. A casca das maçãs é fina, mas resistente e a polpa interna é espessa e suculenta; a fruta amolece à medida que amadurece. O núcleo interno contém as sementes, que podem ser prejudiciais à sua saúde se consumidas em excesso. Os nutrientes estão na polpa e na pele, que são uma fonte rica de antocianinas e taninos. A expressão permanece verdadeira: "Uma maçã por dia mantém o médico longe!"

Em 2010, o genoma completo da maçã foi decodificado, o que levou a um aumento na pesquisa e compreensão de por que as maçãs são tão benéficas para a nossa saúde e quais componentes específicos são responsáveis ​​pelo impulso que eles proporcionam! Vamos dar uma olhada em alguns desses componentes essenciais de uma das frutas favoritas e saudáveis ​​do mundo!

Nutrição da Maçã

De acordo com o USDA National Nutrient Database, as maçãs contêm muitos nutrientes, vitaminas e minerais essenciais. Elas são livres de gordura, sódio e colesterol. Antioxidantes, potássio, fibra alimentar, vitamina C e algumas vitaminas B (niacina, vitamina B6) são responsáveis ​​pelos benefícios à saúde atribuídos às maçãs.

Os outros nutrientes importantes da maçã incluem cálcio, vitamina K, ferro, cobre, fósforo e magnésio. Elas também são embaladas com fitonutrientes e flavonóides, como quercetina, epicatequina, cloridzina e outros compostos polifenólicos.

São frutas densas em energia e ricas em água, o que ajuda você a se sentir satisfeito. Elas são justamente chamadas de "potências nutricionais".

Carboidratos e Calorias Nas Maçãs

De acordo com o FoodData Central, uma porção de 100 g de maçãs contém cerca de 52 calorias e 14 g de carboidratos.

Benefícios Das Maçãs Para a Saúde

A seguir são mencionados alguns dos melhores benefícios das maçãs para a saúde que podem ajudá-lo a manter o médico afastado:

Pode melhorar a saúde intestinal

Pesquisa do Dr. Ferdous Gheyas, do Departamento de Ciência da Horticultura da Universidade Estadual da Carolina do Norte, relata que as maçãs são ricas em fibras solúveis. De acordo com o USDA National Nutrient Database, uma maçã grande fornece 20% da ingestão diária recomendada de fibra alimentar. As fibras ajudam a melhorar o processo digestivo. O consumo regular de fibra nas maçãs garante movimentos intestinais suaves e prevenção de constipação, diarreia, síndrome do intestino irritável (SII) e outros distúrbios estomacais.

A fibra também estimula a liberação de sucos gástricos e digestivos para garantir a absorção eficiente de nutrientes, ao mesmo tempo em que retira o excesso de colesterol das veias e artérias para garantir a saúde do coração e reduzir as chances de aterosclerose.

Maçãs contêm pectina, um tipo de fibra que age como um prebiótico. Ajuda especificamente a melhorar o funcionamento das bactérias que vivem no intestino grosso. As maçãs estimulam o metabolismo no trato digestivo e promovem boas bactérias no intestino. Esse efeito prebiótico leva à melhoria da saúde, maximizando a absorção de nutrientes e eliminando bactérias e toxinas prejudiciais.

Pode ajudar a prevenir o câncer

As maçãs demonstraram melhora moderada no tratamento de vários tipos de câncer, principalmente câncer de pele, mama e cólon em estudos demonstrados em animais. Através de observações epidemiológicas observadas na revista Planta Medica, o consumo regular de uma ou mais maçãs por dia pode reduzir o risco de câncer de pulmão e cólon. As maçãs mostram uma capacidade distinta e inegável de reduzir o câncer de pulmão e retardar a sua propagação, caso se desenvolva. As hipóteses geralmente falam sobre o alto conteúdo de fitonutrientes, incluindo o kaempferol e a quercetina, mas o mecanismo exato do impacto das maçãs no câncer ainda requer mais pesquisas.

Considerada boa para o coração

As maçãs ajudam a diminuir o risco de várias outras doenças cardíacas, conforme estudo publicado na revista Nutrition. A propriedade antioxidante das maçãs reduz a oxidação das gorduras, denominada peroxidação lipídica. Também neutraliza várias gorduras encontradas nos vasos sanguíneos que podem exercer pressão perigosa. O flavonoide, quercetina, reduz a inflamação em nossos vasos sanguíneos, enquanto o polifenol, epicatequina, reduz a pressão sanguínea no corpo.

Estudos demonstraram que a ingestão regular de maçã também está associada a um risco reduzido de AVC trombótico em homens e mulheres.

A fibra solúvel presente nas maçãs ajuda a diminuir o nível de colesterol no organismo, tornando-o um forte mecanismo defensivo contra doenças cardiovasculares. Um estudo de um ano realizado em 160 mulheres na pós-menopausa mostrou que o consumo diário de maçãs resultou em uma drástica diminuição do colesterol LDL (ruim) e um ligeiro aumento no colesterol HDL (bom) em apenas três meses.

Ligada a um menor risco de diabetes

Controlar o açúcar no sangue é essencial para pessoas que sofrem de diabetes. Os polifenóis nas maçãs estão diretamente ligados à redução da absorção de carboidratos pelo organismo. Algumas pesquisas focadas no vinagre de maçã mostraram que ele pode reduzir a flutuação dos níveis de açúcar no sangue que ocorrem na corrente sanguínea, um fator importante para manter o diabetes sob controle. Os polifenóis também diminuem a absorção de glicose no trato digestivo e estimulam a liberação de insulina do pâncreas, necessária para manter os níveis de açúcar no sangue sob controle.

Finalmente, os polifenóis estimulam os receptores de insulina nas células do corpo, o que acelera a remoção de açúcar da corrente sanguínea. Esse processo leva o metabolismo às nossas células, ajudando assim a gerenciar o diabetes.

Útil na melhoria da saúde dental

Comer maçã ajuda na limpeza dos dentes e gengivas. Quando você come maçãs, a fibra nelas limpa os dentes, e as propriedades antibacterianas que se acredita serem provenientes dessa fruta mantêm as bactérias e os vírus afastados. Embora não reduzam as cáries, estimulam a secreção de saliva (um composto alcalino), o que reduz a capacidade das bactérias de se multiplicarem e crescerem na boca, conforme estudo publicado no PLOS One.

Promover a saúde do cérebro

Um estudo realizado em células cerebrais de ratos por pesquisadores da Universidade Cornell em Nova York mostra que os antioxidantes abundantes e potentes nas maçãs protegem as células cerebrais contra o estresse oxidativo. O estresse oxidativo está associado à doença de Alzheimer e a outros distúrbios neurodegenerativos, portanto, reduzi-lo está relacionado à diminuição ou esperança de prevenção desses distúrbios.

As maçãs também aumentam a quantidade de acetilcolina no cérebro, que está ligada à melhoria da concentração, resolução de problemas e memória.

Aliviar os sintomas da asma

As maçãs mostraram um tremendo comportamento anti-inflamatório e, em termos de asma, destacaram-se entre outros tratamentos naturais. A quercetina, um flavonoide presente na casca da maçã, ajuda a reduzir a inflamação e fortalecer o sistema imunológico.

Melhorar a saúde óssea

Compostos como kaempferol, quercetina e miricetina presentes na maçã têm sido associados à redução de condições inflamatórias, como artrite e gota. Assim, as pessoas que sofrem de reumatismo acham as maçãs muito úteis, pois ajudam no processo de cicatrização.

Perda de peso

Tanto o alto teor de água quanto a fibra das maçãs aumentam a saciedade, reduzindo assim o apetite e os excessos. Ou seja, elas são queimadas mais rapidamente, ou não absorvidas pelo organismo, o que pode ser uma ótima notícia para milhões de pessoas que lutam contra a obesidade.

Cuidados com a pele e cabelos

Os poderosos antioxidantes presentes nas maçãs neutralizam os efeitos nocivos dos radicais livres, diretamente relacionados ao envelhecimento precoce, rugas, manchas da idade e outras condições relacionadas à idade.

As maçãs também aumentam a circulação sanguínea, o que mantém a pele jovem e tonificada. Elas estimulam a substituição de células antigas, o reparo das células danificadas e a prevenção da acne. As pastas feitas de maçã e mel ou maçã e leite aumentam o rubor e o brilho da pele quando aplicadas topicamente.

De acordo com o USDA Nutrient Database, uma maçã grande fornece aproximadamente 17% da ingestão diária recomendada de vitamina C. Essa vitamina essencial ajuda a aumentar a imunidade contra infecções e doenças. As reservas de ácido ascórbico encontradas na maçã também ajudam na formação de colágeno, o que fornece uma série de benefícios para a pele.

A aplicação de suco de maçã no couro cabeludo pode ajudar a prevenir a caspa. Lavar o cabelo e finalmente enxaguá-lo do suco de maçã dá uma aparência saudável e brilhante, conforme evidência anedótica. Ela também atua como um bom condicionador.

Proteger contra AINEs

A catequina e o ácido clorogênico encontrados nas maçãs ajudam a proteger o revestimento do estômago de lesões causadas por anti-inflamatórios não esteróides (AINEs). Estes são uma classe de analgésicos que podem ferir as células do estômago. O Dr. Frank Hu, professor de nutrição e epidemiologia no Departamento de Nutrição da Escola de Saúde Pública de Harvard, considera mirtilos, maçãs e verduras como alguns dos alimentos anti-inflamatórios mais importantes.

Usos das Maçãs

A maçã pode ser usada de diferentes maneiras para diferentes fins, como a seguir:

  • Comer: as maçãs podem ser comidas cruas ou em uma variedade de pratos, como saladas de frutas e cremes. Essas frutas podem ser assadas, picadas, amassadas, congeladas ou até secas em lascas como um lanche saudável e doce.
  • Beber: o suco de maçã também é uma bebida comum em todo o mundo e também está incluído em muitas sobremesas.
  • Aplicar: O óleo extraído de suas sementes também é útil e tem muitas aplicações, principalmente na indústria cosmética. Os benefícios do óleo de semente de maçã incluem reduzir a aparência da acne, reduzir rugas e hidratar a pele.

Como Comprar e Armazenar Maçãs?

Aqui estão algumas dicas para selecionar e armazenar maçãs:

  • Ao comprar maçãs, verifique se elas estão firmes.
  • Não compre aqueles com rugas, pois perderam a maioria de seus benefícios à saúde e valores nutricionais.
  • Não selecione as que são incomumente macias ou machucadas.
  • Não armazene maçãs que estejam maduras demais ou que estejam começando a apodrecer com as firmes

Nota: Maçãs maduras metabolizam seus recursos nutricionais liberando um composto chamado gás etileno. Esse gás etileno pode estimular o rápido amadurecimento e apodrecimento de outras maçãs. Portanto, remova-os do saco de maçãs que você compra.

Efeitos Colaterais da Maçãs

Existem alguns efeitos colaterais de comer maçãs. Deve-se procurar o seguinte:

  • Envenenamento: As sementes de maçã contêm cianeto, que é venenoso. O consumo excessivo pode ser fatal. Elas não devem ser consumidas por via oral, no entanto, podem ser usadas ​​para aplicações tópicas.
  • Gravidez e amamentação: As mulheres grávidas e que amamentam devem evitar a ingestão de chá de maçã, pois isso pode prejudicar o crescimento do feto.
  • Alergia: A maçã pode causar reações alérgicas em algumas pessoas.
  • Medicação: A maçã pode interferir com certos medicamentos. Nesses casos, converse com seu médico antes de adicionar maçãs à sua dieta.
Postagem Anterior Próxima Postagem