Dicas naturais para melhorar a saúde digestiva incluem tomar café da manhã nutritivo, aumentar a mastigação, evitar alimentos que causam indigestão, comer mais alimentos gordurosos, tomar probióticos e alimentos fermentados, limpar os intestinos regularmente, preparar caldo de osso, massagear o estômago, beber chá natural como chá de gengibre, e beber mais água.

A indigestão pode contribuir para vários males de saúde que podem ser totalmente irritantes para o corpo. É por isso que os nutricionistas o incentivam a fazer uma dieta repleta de alimentos nutritivos. Este último o ajudará a manter a saúde digestiva. Os minerais, vitaminas e proteínas que você obtém funcionarão não apenas para combater os fatores associados à indigestão, mas também aumentarão seus níveis mais baixos de energia.

Além disso, os nutricionistas sugerem que sua dieta diária e práticas como o consumo de alimentos processados, bebidas açucaradas, álcool, atividades físicas mínimas e tabagismo também podem afetar a saúde do estômago. Se você tiver problemas como inchaço, diarreia, constipação, azia, fadiga e desejo constante por alimentos específicos, é necessário tomar precauções a esse respeito.

13 Dicas Naturais Para Melhorar a Saúde Digestiva

13 Dicas Naturais Para Melhorar a Saúde Digestiva

1. Café da manhã nutritivo

Os nutricionistas sugerem consumir um café da manhã saudável, pois é a refeição essencial do dia. Irá fornecer-lhe energia suficiente para funcionar ao longo do dia. Seu café da manhã deve conter alimentos enriquecidos com probióticos. Este último apoiará sua digestão e suprimirá o aumento do apetite.

2. Aumente a mastigação

Mastigar alimentos por mais tempo ajuda na digestão, e você terá menos probabilidade de ter indigestão, inchaço ou cólicas estomacais. Tente aumentar o tempo de mastigação, dessa forma sua comida se decomporá quimicamente na boca e seu estômago levará menos tempo para digeri-la e absorverá os nutrientes rapidamente.

3. Evite alimentos que causam indigestão

Se você achar que consumir certos alimentos causa indigestão, como diarreia ou prisão de ventre, evite seu consumo imediatamente. Nem todo mundo consegue digerir alimentos como nozes, laticínios, ovos e soja. Se você for um deles, evite consumi-los novamente, pois esses alimentos podem causar mais problemas.

4. Mais gorduras boas

Manter a saúde digestiva não o impede de gorduras. Os nutricionistas recomendam consumir gorduras boas regularmente, pois são necessárias para a saúde do estômago. A quantidade adequada de gorduras boas em seu corpo evita a constipação. Você pode colher muitas gorduras boas, como ácidos graxos ômega-3, de fontes como óleo de peixe, linhaça, coco, oliva, canola, girassol e soja.

5. Incorpore opções de alimentos amargos

Você pode achar confuso, mas os alimentos amargos podem ajudar a prevenir a indigestão. Na maioria dos casos, você sente fome, mas seu estômago não absorve nutrientes. O consumo de alimentos amargos contribui para a produção de sucos gástricos. Este último pode ajudar a evitar fatores de drenagem, como diarreia e náuseas. Você pode incorporar folhas verdes como roqueira e dente de leão na produção de sucos gástricos. Além disso, o vinagre de maçã também pode fazer o trabalho por você.

6. Probióticos e alimentos fermentados

Os nutricionistas revelaram que as bactérias boas no intestino também ajudam na digestão adequada. No entanto, seu intestino também contém bactérias nocivas - na maioria dos casos, o desequilíbrio entre os dois contribui para a indigestão. Portanto, para manter o funcionamento de bactérias boas, você precisa consumir alimentos carregados de probióticos regularmente. Além disso, os alimentos fermentados também são responsáveis ​​por nutrir bactérias boas.

7. Limpe os intestinos regularmente

A limpeza do intestino remove toxinas e produtos químicos de seu corpo, associados a vários fatores prejudiciais à saúde. Os nutricionistas recomendam consumir fibra dietética nesse sentido. A quantidade adequada de fibra dietética regulará os movimentos intestinais irregulares que acabarão por limpar o intestino. Esse processo não só beneficiará seu sistema digestivo, mas também seu corpo em geral.

8. Caldo de osso

Como outros órgãos do corpo, seu estômago precisa de várias vitaminas e minerais para produzir a bile e o suco gástrico. Você pode obter muitos aminoácidos prolina, gelatina, minerais e glicina em caldo de osso caseiro. Este último é uma potência de propriedades nutritivas que seu estômago necessita em abundância. Os componentes encontrados no caldo funcionam para aliviar queimação de estômago e melhorar o trato digestivo. Os nutricionistas sugerem a incorporação de 2 a 3 porções de caldo de osso preparado na hora em uma semana.

9. Não coma com pressa

Fatores como almoçar e jantar sob pressão ou com pressa também podem afetar o sistema digestivo. Estudos afirmam que consumir alimentos em um ambiente calmo ativa o sistema parassimpático em seu corpo. Suporta a digestão, fornecendo energia. Além disso, consumir refeições com pressa não permite que seu sistema digestivo funcione adequadamente, o que resultará em uma taxa metabólica lenta. A condição também pode contribuir para a ingestão excessiva de alimentos.

10. Produção de bile

Seu sistema digestivo funciona bem quando absorve nutrientes sem obstáculos. Além disso, a produção constante de bile no estômago ajuda a absorver esses componentes nutritivos, como vitamina A solúvel em gordura, vitamina D, vitamina E e vitamina K. Uma produção inadequada de bile não permite a absorção de nutrientes que resultam em vários males estomacais. Portanto, para promover a produção de bile, incorpore alcachofras, beterrabas, peixes, lentilhas e fígado em sua dieta. Esses alimentos não só fortalecerão sua saúde digestiva, mas também permitirão que ela absorva componentes nutritivos de maneira eficaz.

11. Massagem de estômago

Assim como os fatores internos, os externos também contribuem para a saúde digestiva. Os nutricionistas sugerem que massagear o estômago pode resolver a indigestão, incluindo cólicas estomacais regulares. Você pode massagear seu abdômen suavemente no sentido horário por 2 a 3 minutos.

Incorpore essa prática em sua rotina diária após cada refeição, e você ficará menos sujeito a cólicas estomacais e inchaço. Além disso, você sempre pode colocar uma garrafa quente para aliviar os músculos intestinais e cólicas. No entanto, em caso de dor intensa, consulte seu médico e evite a automedicação.

12. Incorporar chás

Consumir camomila, gengibre e chá verde é útil no tratamento de inchaço, queimaduras estomacais e cólicas estomacais regulares. Você pode saborear um pouco de chá de camomila quente para aliviar os músculos doloridos do estômago.

Além disso, você pode incorporar chá verde e de gengibre em sua dieta diária para manter sua saúde digestiva. Ambos os chás são uma fonte de vários nutrientes que funcionam para regular os movimentos intestinais irregulares. Além disso, o consumo regular de chá verde também pode ajudá-lo a perder peso.

13. Beba mais água

Beber água não apenas auxilia na digestão, mas beneficia todo o seu corpo. Você deve consumir pelo menos 6 a 8 copos de água por dia para prevenir a indigestão. No entanto, os nutricionistas proíbem estritamente o consumo de água durante as refeições, pois ela dissolve os sucos no estômago e afeta negativamente o processo de digestão.

Além disso, não beba água gelada e opte por um copo d'água armazenado em temperatura ambiente. Os nutricionistas sugerem que beber água gelada durante as refeições impede a produção de bile e suco gástrico, o que acaba levando a uma digestão mais lenta.

Conclusão

Manter a saúde digestiva é necessário, pois permite que você absorva os nutrientes dos alimentos que consome e ajuda a eliminar as toxinas, ao mesmo tempo. Ambas as funções são essenciais em relação ao seu bem-estar geral. Portanto, não ignore os problemas digestivos e tente as formas naturais acima mencionadas para combatê-los.

Postagem Anterior Próxima Postagem