A água de coco de cocos novos e tenros é uma bebida isotônica refrescante, energizante, doce e límpida que ajuda seu corpo a repor os líquidos perdidos. A água de coco é conhecida por sua versatilidade e inúmeros benefícios nutricionais. Isso levanta a questão de saber se ela é segura durante a gravidez? Sadestar diz a você se é.

É Seguro Consumir Água de Coco Durante a Gravidez?

Sim, é seguro beber água de coco durante a gravidez. No entanto, como qualquer outro alimento, a moderação é a chave para a segurança. A água de coco é rica em minerais, como potássio, e seu consumo excessivo pode levar a muito potássio no sangue. Esta condição é conhecida como hipercalemia.

A hipercalemia pode causar alterações no ritmo cardíaco, que podem ser fatais. Durante a gravidez, esse desequilíbrio eletrolítico pode levar a complicações mais sérias.

12 Possíveis Benefícios da Água de Coco Durante a Gravidez

12 Benefícios Para da Água de Coco Durante a Gravidez

Os benefícios nutricionais da água de coco podem ser bem compreendidos a partir de sua composição aproximada. 100 gramas de água de coco contém os seguintes nutrientes:

  • Água 94,99g
  • Energia 19 KCal
  • Açúcares, total 2,61g
  • Cálcio 24mg - 1000mg
  • Magnésio 25mg - 350mg
  • Fósforo 20mg - 700mg
  • Potássio 250mg - 2900mg (AI)
  • Sódio 105mg - 1500mg

1. Potencial diurético natural

A água de coco é considerada um diurético natural. Aumenta a vontade de urinar devido à presença de potássio, magnésio e outros minerais. Eles ajudam a liberar as toxinas e limpar o trato urinário. Essas possíveis propriedades antilitogênicas da água de coco poderiam, assim, prevenir cálculos renais e infecções. Ela também pode desempenhar um papel crucial na prevenção de infecções do trato urinário, reduzindo assim as chances de parto prematuro.

Embora o uso de água de coco durante a gravidez seja bom, a quantidade que você consome deve ser mantida sob controle.

2. Contém eletrólitos essenciais

A necessidade de eletrólitos aumenta durante a gravidez porque condições como enjoos matinais, náuseas e diarreia desidratam o corpo. A água de coco fornece todos os cinco eletrólitos essenciais: minerais, sódio, cálcio, potássio e fósforo, que podem acalmar o corpo e fornecer energia.

Esses eletrólitos também auxiliam na transmissão de cargas elétricas em seu corpo e auxiliam no funcionamento dos músculos. Eles também ajudam a manter os níveis de pH do seu corpo e controlar os níveis de pressão arterial.

3. Fornece alívio para azia e prisão de ventre

As alterações hormonais durante a gravidez podem levar a vários problemas, como azia, constipação e indigestão. Um teor considerável de fibra dietética na água de coco pode ajudar a fortalecer o sistema digestivo, melhorar a digestão, regular os níveis de pH e prevenir a constipação.

A medicina Ayurveda considera a água de coco como um laxante potencial. É considerado melhorar o metabolismo e apoiar a desintoxicação do seu corpo. A água de coco é um neutralizador de ácido natural e, portanto, pode prevenir a azia.

4. Combate infecções

A água de coco contém quantidades consideráveis ​​de vitaminas, minerais essenciais e antioxidantes, que aumentam sua imunidade, proporcionando resistência a infecções. Ela também contém ácido láurico, um ácido graxo de cadeia média responsável pela produção de um poderoso composto antimicrobiano monolaurina.

5. Ajuda a manter a saúde do coração

O nível baixo de eletrólitos aumenta a pressão arterial. Beber água de coco pode ajudar a melhorar os níveis de potássio, magnésio e ácido láurico, o que pode ajudar a regular a pressão arterial. Também melhora o colesterol bom e combate o colesterol ruim, fenômeno crucial para a manutenção da saúde cardíaca.

Acredita-se que um copo de água de coco todos os dias seja útil no último trimestre, quando há tensão do parto que pode aumentar sua pressão arterial.

6. Ajuda a manter um peso saudável

A água de coco não tem gordura e tem poucas calorias. Portanto, seu consumo moderado em vez de bebidas carregadas de açúcar ajuda a manter o peso durante a gravidez. Como a gravidez adiciona peso extra ao seu corpo, a água de coco pode ajudar a prevenir que ela piore, controlando o consumo total de calorias e controlando as dores de fome.

7. Bebida natural

A água de coco é uma bebida natural saborosa que não contém sabores artificiais ou componentes nocivos. Durante a gravidez, ficar desidratada não é incomum. Você pode optar pela água de coco, pois pode matar sua sede e refrescar sem adicionar substâncias nocivas ao seu corpo.

8. Reidrata após o treino

A água de coco é uma bebida isotônica natural, que ajuda a reidratar e fornecer energia quando você está desidratada, cansada e exausta. Se você se exercita regularmente, pode optar pela água de coco como energético. Considera-se que a hidratação melhora a elasticidade da pele, limitando assim as estrias que se desenvolvem durante a gravidez.

9. Baixo teor de açúcar

A letargia é comum durante a gravidez. Portanto, você pode procurar bebidas energéticas. Isso não parece incomodar naquele momento. No entanto, a ingestão excessiva de açúcar pode levar a um aumento nos níveis gerais de açúcar no sangue. Cem gramas de água de coco tem 2,1 gramas de açúcar, menos do que outras bebidas energéticas. Não aumentará o peso da gravidez, e uma dieta pobre em açúcares simples reduzirá o risco de contrair diabetes gestacional.

10. Pode ajudar o crescimento fetal

Alguns pesquisadores descobriram que a água de coco contém certos compostos biologicamente ativos e fatores de promoção de crescimento. Além disso, a água de coco também oferece à mãe todos os nutrientes essenciais que podem ajudar no crescimento e desenvolvimento do feto.

11. Melhora os níveis de líquido amniótico

A água de coco, tomada principalmente no terceiro trimestre, aumenta os níveis de líquido amniótico e aumenta o volume e a circulação sanguínea.

12. Proteção geral

Uma pesquisa mostrou que a água de coco durante a gravidez oferece proteção contra mudanças maternas induzidas por dieta rica em gordura. Isso é crucial, pois já foi demonstrado em várias pesquisas que a dieta materna afeta o crescimento e o desenvolvimento do feto. No entanto, mais pesquisas são necessárias para validar o uso da afirmação.

Existem Efeitos Colaterais da Água de Coco Durante a Gravidez?

Não há evidências que comprovem que a água de coco tem efeitos adversos na gravidez. Como qualquer outra fruta ou suco de vegetal, também parece ser seguro. No entanto, a segurança durante a gravidez é vital para a mãe e para o feto. Portanto, é aconselhável ser cautelosa. O consumo excessivo de água de coco pode causar constipação.

Quanta Água de Coco Pode Consumir Uma Mulher Grávida?

A moderação é sempre a chave quando se trata de uma dieta saudável. Você pode beber de um a dois copos de água de coco por dia.

Prefira consumir água de coco fresca de cocos novos em vez de água de coco embalada. Use um canudo limpo ou despeje em um copo e beba.

Não consuma água de coco se você reagir a ela ou não gostar de seu sabor.

Como Selecionar o Coco Certo?

Para aproveitar os vários benefícios da água de coco, você deve saber selecioná-los corretamente. Essas dicas podem ajudá-la a comprar coco fresco.

Um coco fresco será leve e doce e não conterá polpa de coco, a substância branca, carnuda e macia. Um maduro ou estragado terá um sabor azedo.

Seleção: Escolha cocos de tamanho médio, limpos e verdes, pois eles contêm grandes quantidades de água. Não escolha cocos com casca marrom dura e manchas cinza, pois indicam que estão maduros.

Água: agite o coco vigorosamente próximo ao ouvido para verificar se há água. Selecione aqueles que produzem um bom som de slosh. Um coco fresco contém mais de um copo de água.

Se você quiser armazenar cocos em casa, mantenha-os em um local fresco.

Mitos Sobre a Água de Coco Durante a Gravidez

Você também pode se deparar com alguns mitos, e é muito importante para você esclarecer esses fatos. Aqui estão eles:

Mito 1 - A água de coco tem propriedades mágicas

A água de coco contém muitos nutrientes, por isso é sugerida para mulheres grávidas.

Fato: as mulheres grávidas precisam de todos os nutrientes e minerais essenciais em quantidades adequadas. É um mito antigo que a água de coco sozinha pode ajudar a atender a todas essas necessidades nutricionais, especialmente durante a gravidez.

A gravidez é uma época em que uma nutrição de qualidade é altamente crucial. Em tal cenário, moderação e variedade devem ser o foco. Uma dieta bem planejada e balanceada é o que você precisa. A essa dieta balanceada pode-se adicionar água de coco.

Mito 2 - Água de coco melhora o cabelo do bebê

Seu bebê vai nascer com cabelos grossos no couro cabeludo quando você bebe água de coco durante a gravidez.

Fato: Não existem pesquisas que possam relacionar o consumo de água de coco à qualidade do cabelo do bebê.

Mito 3 - A água de coco torna a pele do seu bebê mais justa e saudável

Beber água de coco durante a gravidez deixará seu bebê com uma tez clara e rosada.

Fato: o mero consumo de água de coco não deixará a pele do seu bebê clara e rosada. A pele e a saúde do seu bebê dependerão de muitos fatores, incluindo genética, nutrição, saúde dos pais e muito mais.

Comer Coco Durante a Gravidez

O consumo de polpa de coco também é considerado benéfico durante a gravidez.

Benefícios da Polpa de Coco Durante a Gravidez

A polpa de coco verde tenra, que é nutritiva. A polpa do coco dos cocos verdes é doce. No entanto, o teor de açúcar total do mesmo é menor em comparação com muitas outras frutas. Além disso, é rico em proteínas e minerais como ferro, zinco e fósforo. Este perfil nutricional torna uma escolha inteligente comer polpa de coco durante a gravidez.

1. Leite materno

Acredita-se que o consumo regular de polpa de coco durante a gravidez aumenta a oferta de leite materno após o parto. No entanto, não existem estudos clínicos que possam associar o consumo de polpa de coco e a ampliação da oferta de leite materno.

Embora existam estudos científicos consideráveis ​​para relacionar a aplicação oral e tópica de óleo de coco virgem com a produção aumentada de leite materno.

O óleo de coco é rico em ácido láurico e cáprico. São dois triglicerídeos de cadeia média, cujo consumo durante a fase de lactação é benéfico. Sabe-se que esses ácidos graxos possuem efeitos antivirais, antibacterianos e parasiticidas, que podem auxiliar no desenvolvimento do sistema imunológico.

2. Melhora a circulação sanguínea

O volume de sangue dobra durante a gravidez, causando inchaço nos pés e nas pernas. A má circulação do sangue agrava a condição. Acredita-se que consumir polpa de coco pode melhorar a circulação sanguínea e prevenir inchaço e dor nas pernas. No entanto, não existem estudos clínicos que comprovem isso.

No entanto, um estudo cruzado randomizado mostrou que o consumo oral de óleo de coco virgem pode aumentar a concentração de colesterol de lipoproteína de alta densidade. Essa propriedade é considerada potencialmente benéfica para a saúde cardiovascular.

3. Ajuda na digestão

A polpa do coco é nutritiva e rica em fibras. É devido ao seu rico conteúdo de fibras que é considerado eficaz no controle da constipação, uma preocupação comum durante a gravidez.

4. Melhor sono

O sono durante o terceiro trimestre é algo contra o qual muitas mulheres grávidas têm dificuldade. Isso se deve em parte aos hormônios e em parte ao aumento de peso, que torna difícil para as mulheres dormirem em uma posição específica por muito tempo.

Ambas as causas levam a distúrbios do sono, que levam à fadiga e perturbam o bem-estar geral da mulher grávida. Na medicina alternativa, acredita-se que comer polpa de coco em combinação com sementes de papoula e ghee pode ajudar na regulação do seu ciclo de sono.

5. Aumenta o metabolismo

Acredita-se que o consumo de polpa de coco misturada com especiarias pode ser útil para aumentar as atividades metabólicas em mulheres grávidas. No entanto, não existem estudos específicos para comprovar a validade da crença.

Leite de Coco Durante a Gravidez

O leite de coco é um líquido espesso e leitoso obtido a partir do esmagamento da polpa do coco ralado. Também é um ingrediente essencial em muitos alimentos, especialmente nos pratos do sudeste asiático. O leite de coco ajuda a aumentar o combustível corporal. É totalmente seguro beber, a menos que você seja alérgica a ele. Portanto, consulte seu médico antes de planejar adicionar o mesmo à sua dieta.

Benefícios do Leite de Coco Durante a Gravidez

1. Possivelmente melhora a imunidade

O leite de coco contém ácido láurico, um ácido graxo de cadeia média que constitui a maioria dos MCTs do óleo de coco. Acredita-se que ele tenha propriedades antibacterianas e antivirais que podem ser úteis para mulheres grávidas. Este tipo de gordura ajuda a melhorar o sistema imunológico. Considera-se que os ácidos graxos de cadeia longa endireitam os vasos sanguíneos e reduzem quaisquer bloqueios no coração, melhorando também a condição cardíaca.

2. Outros benefícios:

  • Ele contém boas quantidades de ferro, o que pode ajudar no tratamento da anemia.
  • Pode ajudar a melhorar problemas digestivos
  • Pode oferecer relaxamento para os músculos e sistema nervoso
  • Pode ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue e pressão arterial
  • Fornece alívio sintomático de dores nas articulações e arranhões
  • Pode deixar seu corpo em forma e ajuda a perder peso

Como Preparar o Leite de Coco Fresco?

É aconselhável fazer em casa o leite de coco, fresco, em vez de optar pelo embalado.

Rale um coco inteiro e adicione uma xícara e meia de água quente.

Deixe a mistura esfriar em temperatura ambiente.

Assim que a mistura esfriar, coar para obter o leite.

Uma xícara de leite de coco (aproximadamente 240g) tem os seguintes valores nutricionais:

  • Calorias - 550
  • Gorduras - 50,2 g (todos os tipos de gorduras)
  • Sódio - 40gm
  • Carboidratos - 14g (em 250g de leite)
  • Proteínas - 6gm
  • Vitamina C - 11%
  • Ferro - 22%
  • Cálcio - 4%

O Leite de Coco Envasado é Bom Durante a Gravidez?

O leite de coco envasado é seguro durante a gravidez, mas você precisa se certificar de que o recipiente não esteja corroído, enferrujado, vencido ou armazenado em temperaturas perigosas.

O leite de coco contém quantidades consideráveis ​​de gorduras saturadas, ou seja, 3 gramas em uma colher de sopa. Ingerir muita gordura saturada pode aumentar os níveis de colesterol bom e ruim no corpo. No caso do leite envasado, você deve estar atento ao seu nível de consumo, pois não deve ultrapassar a necessidade diária.

Além do acima, outros motivos pelos quais você não pode escolher o leite de coco envasado são:

1. Bisfenol - A (BPA):

É um produto químico geralmente usado no revestimento de latas usadas para alimentos embalados. Este BPA pode gradativamente se transformar em alimentos ácidos, gordurosos ou salgados, como leite de coco, vegetais, tomates e sopas. Um estudo afirma que existe uma relação entre níveis elevados de BPA em mães e problemas neuro comportamentais em bebês.

2. Goma guar

A goma guar é um aditivo presente no leite de coco em lata. É uma galactomanana, um polissacarídeo, e é principalmente um endosperma moído de grãos de guar. Houve queixas como cólicas abdominais intensas, indigestão, flatulência e diarreia, pois os caroços são difíceis de digerir. Em um experimento clínico, pacientes com problemas intestinais mostraram melhora quando pararam de usar leite de coco envasados em sua dieta.

3. Má absorção de frutose

É um distúrbio digestivo caracterizado por um comprometimento do transporte de frutose (um açúcar simples encontrado em frutas, vegetais e mel) através do intestino delgado. Os níveis aumentados de frutose no intestino causam crescimento excessivo de bactérias. Portanto, reduz a absorção de água no intestino. Mulheres grávidas com doença inflamatória intestinal (IBD) e síndrome do intestino irritável (IBS) são altamente afetadas pela má absorção de frutose.

De acordo com um resumo sobre Dieta Restrita à Frutose, o Saint Luke’s Hospital recomenda limitar o uso de leite e creme de coco. O leite de coco contém açúcar, incluindo frutose. Portanto, também deve ser evitado por aqueles afetados por IBD e distúrbios IBS.

Perguntas Frequentes:

1. O suco de buko é seguro para mulheres grávidas?

O suco de Buko ou suco de coco é uma mistura de água de coco, polpa de coco macia e leite. É uma bebida muito refrescante e saudável, muito popular nas Filipinas. Basta extrair a água de coco, raspar a polpa colocar os dois em uma jarra. Adicione leite, açúcar e muitos cubos de gelo. Deixe a mistura derreter e sirva. Como a bebida é uma combinação de água de coco, polpa e leite, ela pode ser consumida com segurança por mulheres grávidas.

2. A água de coco precisa de pasteurização?

Ao contrário de outros sucos de frutas que são melhores quando pasteurizados, a água de coco é tradicionalmente consumida fresca. No entanto, se você estiver consumindo água de coco embalada ou enlatada, a pasteurização é obrigatória para garantir a segurança microbiológica.

O coco macio é uma escolha sábia durante a gravidez. Seus vários produtos, como polpa, leite e água, podem ser benéficos tanto para a mãe quanto para o feto em desenvolvimento. No entanto, garantir a qualidade dos cocos é muito importante a este respeito. Mesmo a quantidade precisa ser gerenciada com cautela. O excesso de água de coco, leite de coco e polpa de coco têm suas próprias implicações. Portanto, consuma-os criteriosamente.

Espero que você tenha todas as informações sobre a água de coco durante a gravidez. Se você tiver algo mais a compartilhar, escreva para nós na seção de comentários abaixo.

Postagem Anterior Próxima Postagem