13 Benefícios do Feijão à Saúde

Os benefícios do feijão para a saúde inclui regular o nível de açúcar no sangue, uma boa fonte de fibra, melhorar a saúde do coração, reduzir a deficiência de ferro, pode ajudar a prevenir o câncer, aumentar as enzimas, uma boa fonte de proteína, prevenir defeitos de nascença, uma fonte de baixo teor de gordura, melhorar a saúde ocular, controlar a TPM, cuidar das articulações e reduzir a depressão.

O Que é Feijão?

O feijão é um alimento comumente ignorado que é super saudável, versátil e extremamente acessível. O feijão é rico em fibras, antioxidantes, proteínas, ferro, vitaminas B, potássio, magnésio, zinco e cobre. Comer feijão regularmente pode reduzir o risco de doenças cardíacas, diabetes, câncer colorretal e ajuda a controlar o peso. Os feijões são substanciais, ajudando assim você a se sentir satisfeito por muito tempo, evitando que coma em excesso.

À medida que envelhecemos, exigimos mais nutrição e menos calorias, e o feijão oferece exatamente isso. Meia xícara de feijão contém apenas cerca de 100 calorias. Mesmo que eles sejam notórios por causar gases nas pessoas, isso não é razão para excluí-los de sua dieta. Os especialistas recomendam que você consuma cerca de três xícaras de legumes por semana - já que são excelentes para a saúde. E quanto mais você os consome, menos probabilidade de ter problemas de estômago. Vamos dar uma olhada em 13 benefícios do consumo de feijão para a saúde.

13 Benefícios do Feijão à Saúde

13 Benefícios Impressionantes do Feijão Para a Saúde

1. Rico em fibra

A fibra ajuda seu corpo a se sentir satisfeito, então você não precisa comer tanto durante o dia. É um dos nutrientes mais importantes na dieta de uma pessoa, e isso é o que mantém seu sistema digestivo funcionando corretamente e também é ótimo para a saúde do coração. Variedades de feijão, como jalo, fradinho, vermelho, carioquinha e preto são apenas alguns exemplos de feijão que são ricos em fibras. Além de mantê-lo saciado por mais tempo, o alto teor de fibras do feijão também ajuda a absorver o colesterol no trato digestivo antes que o corpo possa absorvê-lo. Isso significa que quanto mais feijão você come, mais baixos são os níveis de colesterol. Comer feijão três a quatro vezes por semana pode melhorar muito sua pressão arterial e também reduzir o risco de doenças cardíacas.

2. Regula o nível de açúcar no sangue

Se você corre o risco de desenvolver diabetes ou já é diabético, ficará feliz em saber que o feijão tem um índice glicêmico baixo. Isso significa que eles não farão com que os níveis de açúcar no sangue aumentem da mesma forma que os produtos de grãos refinados. Como os nutrientes presentes no feijão são liberados no corpo lentamente, eles nos impedem de sentir fome por um período mais longo do que muitos outros alimentos, ao mesmo tempo que fornecem energia para nos mantermos vivos.

3. Melhora a saúde do coração

O feijão contém fibras para um fornecimento constante de energia. Eles também são ricos em vitaminas solúveis em água, especialmente tiamina, riboflavina, niacina e folacina. O folato é vital para reduzir as concentrações de homocisteína e, sem folato suficiente na dieta, o nível de homocisteína aumenta e pode danificar o coração e os vasos sanguíneos. Além disso, os grãos de folato também contêm uma boa quantidade de potássio, cálcio e magnésio, todos eletrólitos e minerais saudáveis ​​que, quando combinados, podem ajudar a minimizar o risco de doenças cardíacas e hipertensão.

4. Reduz a deficiência de ferro

A deficiência de ferro é uma das deficiências mais comuns nas pessoas e a principal causa de anemia. O feijão é rico em ferro, e meia xícara de lentilhas cozidas contém 3,3 mg de ferro.

5. Pode prevenir o câncer

O feijão contém antioxidantes, que protegem o corpo contra os radicais livres que podem prejudicar as células e causar câncer. Um estudo publicado no The Journal of Cancer Research descobriu que as mulheres que comeram 4 ou mais porções de feijão por semana tiveram uma menor ocorrência de pólipos colorretais, um precursor encontrado em câncer retal e de cólon.

6. Aumenta as enzimas

O feijão contém cobre, que é um mineral essencial para otimizar a função de várias enzimas, que por sua vez ajuda a formar o pigmento da pele e os tecidos conjuntivos.

7. Rico em proteína

Cerca de meia xícara de feijão contém 7 g de proteína, a mesma quantidade de 30 gramas de frango, peixe ou carne. Veganos e pessoas que consomem carnes vermelhas e brancas podem facilmente contar com o feijão como um excelente substituto.

8. Previne defeitos de nascença

O folato é um mineral indispensável para mulheres grávidas ou que estão pensando em ter filhos. Por isso comer feijão pode ajudar o bebê a crescer forte no útero.

9. Baixo teor de gordura

A maioria dos feijões tem cerca de 2% a 3% de gordura e não contém colesterol, a menos que sejam processados ​​ou preparados com outros ingredientes gordurosos, como banha. Para evitar a compra de grãos gordurosos, é melhor ler atentamente os rótulos antes de comprar o produto.

10. Melhora a saúde ocular

Em termos de benefícios para a saúde ocular, muitos grãos consistem em zinco, vitamina A e bioflavonóides. O zinco é um nutriente de apoio à visão que beneficia a saúde dos nossos olhos. Seu papel principal é converter o betacaroteno em vitamina A em uma forma que seja utilizável pelo sistema visual e pelo corpo. Os bioflavonóides são antioxidantes que aumentam a saúde ocular, neutralizando os radicais livres que prejudicam as células oculares saudáveis.

11. Controla sua síndrome pré-menstrual

Em um estudo clínico, as mulheres que comeram grandes quantidades de feijão experimentaram menos alterações de humor e cólicas do que aquelas que consumiram as menores quantidades. Os feijões são fontes incríveis de manganês, então certifique-se de incorporar um punhado grande em seu próximo refogado.

12. Cuida de suas juntas

Os feijões são ricos em vitamina K, cujos baixos níveis estão associados a uma taxa mais elevada de osteoartrose nos joelhos e nas mãos.

13. Reduz a depressão

Atender às necessidades diárias de folato pode ajudar a lidar melhor com a depressão. O consumo adequado de folato pode prevenir um aumento na produção de homocisteína em seu corpo. Uma quantidade excessiva desse hormônio pode diminuir o fluxo sanguíneo e outros nutrientes essenciais que chegam ao cérebro, o que por sua vez pode interromper a produção de dopamina, norepinefrina e serotonina, que regulam o sono, o apetite e o humor.

Conclusão

O feijão é um dos alimentos mais versáteis e muito convenientes. Enlatados, secos ou congelados, são fáceis e acessíveis de comprar, preparar e armazenar. Se quiser, você pode até comprá-los em forma de farinha. Além disso, o feijão contém uma grande quantidade de nutrientes, incluindo vitaminas, antioxidantes e minerais, todos importantes para manter a saúde do corpo em um estado ideal. Por fim, você pode incorporá-los em sua dieta de várias maneiras, incluindo prato principal, acompanhamento, lanche ou até mesmo aperitivo. Você pode ser tão criativo quanto quiser e embalar todos os nutrientes essenciais sem comprometer o sabor.

Postar Comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem